Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Polícia Civil esclarece furtos de gado em Botucatu

Polícia Civil esclarece furtos de gado em Botucatu


A Polícia Civil esclareceu ao menos cinco furtos de gados praticados desde o início do ano nas cidades de nas cidades de Bofete, São Manuel e Botucatu – região de Sorocaba. Cinco suspeitos foram presos no último domingo (22), no município de Gália – região de Bauru.

Os trabalhos foram realizados por agentes do Grupo de Investigações em Área Rural (GIAR), da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Botucatu, que a partir do registro do primeiro crime, realizado no mês de janeiro, iniciaram as diligências para esclarecimentos dos crimes.

Após intenso e minucioso trabalho de apuração, os policiais da unidade especializada conseguiram identificar um caminhão que era usado pela quadrilha no transporte dos bovinos furtados e ainda identificar cinco homens envolvidos nas práticas criminosas.

As equipes de Botucatu estavam em diligências quando souberam que, neste domingo, cinco pessoas haviam sido presas em Gália, acusadas por ocorrências análogas na região de Marília. Os policiais se deslocaram e constataram tratar-se dos suspeitos alvos de investigação.

A prisão em flagrante dos indiciados foi convertida em preventiva, conforme requisitado pela DIG de Marília. A Polícia Civil prossegue com as investigações com o objetivo de recuperar os animais subtraídos.

Leia Também

::::: A execução do médico monstro da SS Eduard Krebsbach do Dr. Injeção :::::


Comentários