Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

GCM captura menor que responde por estupro de vulnerável em Vitoriana

GCM captura menor que responde por estupro de vulnerável em Vitoriana


Na manhã de sexta-feira (28), a GCM (Guarda Civil Municipal), apreendeu um adolescente, que deve responder pelo crime de estupro de vulnerável, no Distrito de Vitoriana, em Botucatu.

A captura ocorreu na região da praça Pedro Serra Negra, quando a equipe de patrulhamento da GCM se deparou com um menor que apresentou aparente nervosismo com a presença das autoridades, levantando suspeita dos agentes.

No mesmo instante, a dupla de patrulheiros decidiram averiguar a situação legal do adolescente e optou por uma abordagem de rotina, foi quando perceberam que o jovem não era um estranho, tratava-se de um menor procurado.

Após o tradicional levantamento da ficha criminal através de sistema de informações da polícia, as suspeitas foram confirmadas e pesava sobre o rapaz um mandado de busca e apreensão expedido pelo Juiz de Direito da 1° Vara Criminal do Foro da Comarca de Botucatu, pelo ato infracional de Esturpo de Vulnerável, previsto no Art. 103 da lei n°8069/90 do estatuto da criança e adolescente; e no Art. 217-A do código penal.

Diante da situação a equipe de agentes procurou o tio do adolescente para notificar a respeito da apreensão, e ambos foram conduzidos a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde a autoridade de polícia judiciária, tomou ciência dos fatos,  e após elaborar o BO/PC como captura de procurado, recolheu o adolescente a Fundação Casa João Paulo II de Cerqueira César, onde ficou à disposição da justiça.

O tio do rapaz foi liberado logo em seguida.


Comentários