Polícia Civil de Marília prende homem que comercializava drogas em condomínio

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Marília, prenderam um rapaz, de 24 anos, por tráfico de entorpecentes, em um condomínio na zona rural da cidade, na manhã desta terça-feira (21).   Os agentes receberam a informação, de que um suspeito estava comercializando drogas nas dependências de um condomínio de prédios habitacionais, localizado na Rua Mário Bataiola.   Os agentes passaram a desenvolver as investigações e ficaram em vigilância velada, próximo ao local-alvo. Na sequência, avistaram o investigado em atitude suspeita e típica do tráfico de drogas e realizaram sua abordagem. Ele tentou fugir mais foi detido. Com ele, os agentes encontraram uma sacola que continha 93 porções de maconha, 52 pinos de cocaína, além de anotações de contabilidade do tráfico.   O homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Mais de 200 jacarés foram capturados no Walt Disney World desde 2016

Mais de 200 jacarés foram capturados no Walt Disney World desde 2016

Funcionários de um programa da Comissão para a Conservação da Vida Selvagem e da Pesca da Flórida (FWC) retiraram mais de 200 jacarés do parque Walt Disney World de Orlando, nos Estados Unidos, desde a morte em 2016 de uma criança de dois anos que foi atacada por um desses répteis, segundo informou a imprensa local.


O "Channel 10" de Tampa, na Flórida, indicou que alguns dos jacarés retirados dos lagos e lagoas do enorme parque da Disney tinham mais de três metros de comprimento.

O número de jacarés retirados do local, que abriga parques temáticos e hotéis e restaurantes, foi divulgado por um relatório do programa responsável pela captura desses animais em áreas onde possam constituir um risco para seres humanos.

De abril de 2009 a abril de 2023 está em vigor uma licença que permite a preparação de armadilhas e a captura de jacarés nos terrenos da Disney, segundo lembrou a emissora.

Até agora, em 2021, seis jacarés foram capturados, enquanto 2017 foi o ano com mais capturas, com um total de 66.

Em 14 de junho de 2016, Lane Thomas, de apenas dois anos, foi arrastado para a água por um jacaré enquanto estava com sua família às margens de um lago artificial no Grand Floridian Resort & Spa da Disney, em Orlando.

Seus pais chegaram a entrar na água e tentar libertar a criança das mandíbulas do jacaré de 1,80 m de comprimento, mas não conseguiram.

O corpo da criança foi encontrado intacto 16 horas mais tarde por mergulhadores no fundo do lago.

Desde esse trágico acontecimento, foram erguidas vedações metálicas em volta de lagos e foram afixados sinais para avisar da presença de jacarés e do perigo que representam, assim como para proibir o banho nessas águas.

De acordo com uma brochura da FWC sobre a interação entre humanos e jacarés, houve mais de 20 casos documentados de mortes por ataques desses animais na Flórida desde 1948.

Agência EFE

Comentários