Oficinas artísticas do SARAD contribuem para o recomeço de muitas vidas

Arte. Pequena palavra que pode ser entendida como uma habilidade dirigida para a execução de uma tarefa ou um conjunto de técnicas para a produção de objetos. Porém, no Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD), essas quatro letras representam mais do que explicações teóricas: significam o recomeço na vida de muitas pessoas. Há cerca de dois anos, os pacientes da unidade vinculada ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) participam, semanalmente, de oficinas artísticas voltadas à marcenaria, à pintura, à escrita e à confecção artesanal de enfeites e objetos de decoração. As oficinas são acompanhadas pelas Enfermeiras Mariana Vulcano Neres e Patrícia Cristina Oliveira de Moraes e pela Técnica de Enfermagem Margareth Mendes Dantas que, além de realizarem o que a pioneira da Enfermagem moderna Florence Nightingale aponta como “a mais bela das artes”, investem parte de sua rotina também para aperfeiçoar as habilidades dos pacientes, em prol da

Hemocentro-do-HCFMB-precisa-de-sangue-do-tipo-O-positivo

Hemocentro-do-HCFMB-precisa-de-sangue-do-tipo-O-positivo


Os estoques do Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) estão em níveis críticos e necessitam de doações de todos os tipos sanguíneos, principalmente de O positivo.

O horário de funcionamento do Hemocentro é de segunda à sexta, das 8h às 16h30 e, aos sábados, das 7h às 12h. Não é mais necessário fazer o agendamento da doação.

Lembrando:

– A doação de sangue não expõe o doador ao risco, pois todo material é descartável.

– Há a liberação da entrada de apenas 10 doadores por vez, a fim de favorecer um ambiente com maior circulação de ar e distanciamento entre pessoas.

– O Hemocentro segue as regulamentações do Ministério da Saúde. Na triagem, o Hemocentro reforça os questionamentos aos doadores quanto a sintomas gripais e contatos com casos suspeitos.

– Até o momento, não há evidências científicas sobre o contágio via transfusão. Mesmo assim, se o doador for positivo até́ 14 dias após a doação, deverá comunicar o Hemocentro.

Deixe a solidariedade contagiar o seu coração neste início de ano: doe sangue, salve vidas!

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3811-6041 (ramal 240) e pelo WhatsApp (14) 99624-7055 / (14) 99631-5650.

Comentários