Oficinas artísticas do SARAD contribuem para o recomeço de muitas vidas

Arte. Pequena palavra que pode ser entendida como uma habilidade dirigida para a execução de uma tarefa ou um conjunto de técnicas para a produção de objetos. Porém, no Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD), essas quatro letras representam mais do que explicações teóricas: significam o recomeço na vida de muitas pessoas. Há cerca de dois anos, os pacientes da unidade vinculada ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) participam, semanalmente, de oficinas artísticas voltadas à marcenaria, à pintura, à escrita e à confecção artesanal de enfeites e objetos de decoração. As oficinas são acompanhadas pelas Enfermeiras Mariana Vulcano Neres e Patrícia Cristina Oliveira de Moraes e pela Técnica de Enfermagem Margareth Mendes Dantas que, além de realizarem o que a pioneira da Enfermagem moderna Florence Nightingale aponta como “a mais bela das artes”, investem parte de sua rotina também para aperfeiçoar as habilidades dos pacientes, em prol da

Reabertura do Parque da Cachoeira da Marta acontece quinta-feira, 16

Reabertura do Parque da Cachoeira da Marta acontece quinta-feira, 16


Botucatuenses e turistas poderão novamente usufruir de um dos mais belos pontos turísticos do Município: a Cachoeira da Marta. No dia 16 de dezembro será realizada a reinauguração do Parque Natural Municipal Cachoeira da Marta.

O local, que teve suas obras iniciadas em agosto de 2018, conta com todas as medidas de segurança executadas e testadas.

A trilha que leva diretamente à cachoeira foi produzida com piso intertravado em seu início, e com madeira no trajeto de chegada à piscina natural formada pela cachoeira. Ao todo são 500 metros de descida/subida, com altimetria de 23 metros; é cercada por corrimãos de madeira para garantir a segurança de turistas, e também possui banco para descanso. Placas também foram instaladas para orientação aos visitantes.

O Parque da Cachoeira da Marta também conta com um estacionamento próprio para a utilização dos visitantes. São aproximadamente 30 vagas para carros e motos.

Por se tratar de uma UC (Unidade de Conservação Integral) foram feitos estudos como o de capacidade de carga, que estipula quantos visitantes o parque pode receber de modo sustentável.  Nesse estudo, foi estimado que 250 pessoas podem visitar a cachoeira por dia.

O horário de visitação do parque será das 9 às 17 horas, com entrada permitida até às 16 horas.

Pensando na preservação da Cachoeira e das trilhas, bem como no lazer da população, a Prefeitura está implantando um voucher gratuito para a visitação, que nos primeiros meses funcionará em modo teste, orientando os turistas e visitantes e realizando um cadastro prévio para o ingresso ao parque. Esse voucher está disponível no site da prefeitura e também na recepção do parque, podem ser acessado pelo link http://189.1.152.34:8080/calendar/index.php .

Da mesma forma, foram instituídas normas para a visitação do Parque, que serão fiscalizadas pelos profissionais da Secretaria de Educação e Secretaria do Verde, que atuarão no local em todos os dias de funcionamento. Dentre as principais normas estão a proibição do consumo de bebidas alcoólicas, cigarros e afins; consumo de alimentos no percurso da trilha; uso de qualquer tipo de aparelho sonoro; entrada de animais domésticos; e uso de churrasqueiras. Em toda a extensão do Parque será obrigatório o uso de máscara e tráfego de pessoas somente pelas trilhas, seguindo as placas de sinalização e advertência.

O Parque receberá a visita constante do Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Civil Municipal.

Comentários