Exposição “Birds na Pina - Aves de Botucatu” já está aberta para visitação

A exposição de fotografias “Birds na Pina” já está aberta ao público. Os visitantes poderão contemplar imagens de cerca de 70 espécies de aves que vivem em Botucatu, registradas por diversos fotógrafos. Promovida pela Secretaria Adjunta de Turismo, a exposição oferece aos seus visitantes experiências interessantes, como uma mostra de comedouros caseiros, vídeos sobre o tema e cantos de aves disponíveis no espaço audiovisual, jogo da memória exclusivo, painéis sobre os biomas locais e tótens de pássaros gigantes. Quem passar por lá também poderá vivenciar a experiência de entrar em uma gaiola humana, e participar de oficinas, passarinhadas, rodas de conversa, visitas guiadas, contações de histórias e encontros com os fotógrafos e outros convidados. No próximo sábado, dia 30, às 11h30, no espaço da exposição, será feito o lançamento do “Guia de aves da Demétria 2”, de Gersony Jovchelevich, que apresenta 76 novas espécies locais, todas ilustradas com fotos e breves informações para facil

Major da PM que atuou em Botucatu é preso por armazenar pornografia infantil

Major da PM que atuou em Botucatu é preso por armazenar pornografia infantil


Um major da Polícia Militar de 48 anos foi preso em Bauru, durante operação da Polícia Civil de combate à pornografia infantil, na quinta-feira (7) e transferido para o presídio militar Romão Gomes, em São Paulo. Na ação da Polícia Civil também foi apreendida uma arma de fogo irregular.

De acordo com registro do Diário Oficial do Estado de São Paulo, o policial foi levado ao posto de major no dia 20 de maio e segundo o seite G1, o oficial, serviu no batalhão de Botucatu recentemente, entretanto atualmente estava trabalhando atualmente em Jaú. 

A prisão ocorreu, em um apartamento na Rua Silva Jardim, no bairro Jardim Bela Vista, por conta de que o oficial armazenava conteúdo de pornografia infantil em diversos arquivos na memória de computadores, ocupando ainda HDs. Segundo informações da Polícia Civil, o PM guardava arquivos com cenas de sexo explícito entre crianças e adolescentes.

A transferência para o presídio militar, ocorreu após a prisão em flagrante ser convertida em preventiva na audiência de custódia.

A prisão ocorreu durante operação deflagrada por Policiais civis da Seccional de Polícia de Bauru, com apoio da perícia técnica científica, em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Bauru, visando reprimir crimes de pornografia infantil.

Na ação o subcomandante do 4º BPMI esteve presente por tratar-se de residência de policial militar. Ao todo foram apreendidos um notebook, oito HDs, três aparelhos celulares, documentos e uma arma com registro irregular.

O policial apresentou um registro da pistola calibre 765 com as mesmas características, porém de numeração era diferente. 

Em nota, o 4º Batalhão de Polícia Militar do Interior (4º BPM/I) informa que deu apoio à Delegacia da Defesa da Mulher (DDM) no cumprimento do mandado e que, “diante de materiais encontrados em aparelhos de informática e celulares e, também, por conta de uma arma de fogo sem documentação regulamentar, o policial militar foi autuado em flagrante”.

Comentários