Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Trio é preso pescando envelopes de depósitos da Caixa Econômica Federal de Botucatu

Trio é rpeso pescando envelopes de depósitos da Caixa Econômica Federal de Botucatu


Três homens foram presos pela equipe da Força Tática da Polícia Militar tentando pescar envelopes de depósito dos caixas eletrônicos do banco Caixa Econômica Federal que fica na Rua Major Matheus, Vila dos Lavradores em Botucatu, na noite de quarta-feira, dia 18.

A prisão ocorreu quando a viatura patrulhava a área, e se deparou com três elementos em atitudes suspeitas dentro da agência. Durante a abordagem, os PM's perceberam que na realidade os suspeitos tentavam pescar envelopes de depósitos, utilizando para isso um instrumento especialmente preparado para a ação.

Com o trio foi encontrada uma sacola com 5 envelopes, que juntos somavam R$ 3060.00 em espécie, 2 envelopes contendo 3 cheques no valor de R$ 3685.00, além do estranho instrumento utilizado para a pesca dos envelopes do interior dos caixas.

Os meliantes não são de Botucatu e acabaram presos em flagrante. Ele foram levados à Polícia Federal de Bauru, já que a instituição bancária pertence à União, onde foi elaborado Boletim de Ocorrência.

Comentários