Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Conheça os dez criminosos mais procurados pela Polícia Civil de São Paulo

Conheça os dez criminosos mais procurados pela Polícia Civil de São Paulo


A reportagem do site Segue Rumo apresenta os dez criminosos que lideram a lista de procurados pela Polícia Civil de São Paulo. Conheça esses criminosos e suas histórias e se você encontrar algum deles nas ruas, chame imediatamente a autoridade policial.

Os procurados estão na mira da Polícia por diversos crimes, entre eles o tráfico de drogas, homicído e sequestro. O interessante é que na lista temos apenas uma mulher, a Maria do Pó.

1 - PAULO CUPERTINO MATIAS - Homicídio

PAULO CUPERTINO MATIAS - Homicídio


Procurado por Homicídio (Art. 121 do Código Penal Brasileiro), Paulo Cupertino Matias teve sua prisão preventiva decretada em 19 de junho de 2020, pela 1ª Vara do Júri do Foro Central Criminal do Estado de São Paulo. Cupertino é acusado pelo triplo homicídio do ator R.H.M. e de seus pais ocorrido em 09 de junho de 2019.

Art. 5ª, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".

2 - André de Oliveira Macedo (André do Rap) - Tráfico de Drogas

André de Oliveira MAcedo (André do Rap) - Tráfico de Drogas


Contumaz no crime, ANDRE DE OLIVEIRA MACEDO vulgo André do RAP, é membro de organização criminosa, apontado como contato, no Brasil, da máfia italiana "Ndrangheta", uma das maiores organizações criminosas do planeta. Havia sido capturado pela 2ª Delegacia da Divisão Antissequestro. Liberto em 10/10/2020 em virtude de um "Habeas Corpus" expedido pelo Supremo Tribunal Federal. Em 11/10/2020, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região, com fundamento em nova decisão da Suprema Corte que cassou a liminar anteriormente concedida ao réu, expediu mandado de prisão preventiva, desde então André e considerado procurado pela Justiça.

Art. 5ª, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".

3 - Caio Rodrigues - Homicídio

Caio Rodrigues - Homicídio


No ano de 2013, foi autor do crime de homicídio que vitimou D.R.C.. O crime ocorreu no interior do estacionamento de uma rede de lanchonetes, após uma briga na saída de uma casa noturna, na zona oeste de São Paulo. Em 2015, foi condenado à pena de 12 anos de prisão no regime fechado, pelo crime de homicídio duplamente qualificado (art. 121, § 2º, II e IV, do Código Penal). Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória". A DENÚNCIA EFETIVA QUE LEVE O PROCURADO/FORAGIDO A SER PRESO, PODERÁ GERAR PRÊMIO DE 2,5 MIL REAIS AO DENUNCIANTE, PRESERVADO O SIGILO DE SUA IDENTIDADE (RESOLUÇÃO SSP-72, de 30-6-2014).

4 - Everton Guimarães Mayer - Homicídio

Everton Guimarães Mayer - Homicídio


Participação no homicídio da policial militar Juliane dos Santos Duarte e outros crimes.

5 - Ricardo Vieira Diniz - Homicídio

Ricardo Vieira Diniz - Homicídio


Participação no homicídio da policial militar Juliane dos Santos Duarte e outros crimes.

6 - Marcos Guerreiro - Homicídio Qualificado

Marcos Guerreiro - Homicídio Qualificado


Cúmplice no homicídio da grávida Margareth Amorim, com oito tiros contra a estudante de direito de 23 anos, a maioria dos disparos se deu no ventre da jovem. Jovem essa, que mesmo diante do medo, e das ameaças, aguardava feliz e ansiosa a chegada de seu primeiro bebê, uma menina, porém, mãe e bebê não resistiriam.

Junior, irmão de Margareth, foi atingido por três disparos da arma de fogo, onde almejavam também a sua morte, mas, diante de um pronto e eficaz atendimento prestado à vítima, ele sobreviveu e identificou os participantes do crime.

7 - Horácio Nazareno Lucas - Homicídio e estupro

Horácio Nazareno Lucas - Homicídio e estupro


Procurado desde 03/10/2018 por assassinar a facadas sua filha Letícia Tanzi, depois de um mês sendo procurado , ainda não foi encontrado. Por favor se o verem denuncie.

8 - Cícero Oliveira dos Santos (Nego) - Latrocínio contra policiais e homicídio

Cícero Oliveira dos Santos (Nego) - Latrocínio contra policiais e homicídio


Indivíduo contumaz no crime desde o ano de 1997. Registra crimes nas cidades de Suzano, Cotia e São Roque. Extremamente perigoso. No ano de 2007, na cidade de São Roque-SP, em coautoria com o seu irmão Adalto Oliveira dos Santos, Osmir da Silva, e outros, praticaram um roubo seguido de morte (latrocínio), em que vitimou fatalmente, o delegado aposentado, H. S. O., da Polícia Civil do Estado de São Paulo, e seus dois filhos H. S. O. e H. S. O. J. este, Escrivão de Polícia. Adalto, que também constava como procurado, foi preso no dia 24/01/2017, na cidade de São Paulo. Cícero tem contra si dois mandados de prisão expedidos, sendo um condenatório por crime de homicídio praticado no ano de 1997, e outro, de prisão preventiva pelo crime de "latrocínio", acima citado. Osmir da Silva também consta como procurado. Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória".

9 - Fabrício Pazini Aguiar Sousa

9 - Fabrício Pazini Aguiar Sousa


Fabrício é de São Paulo, tem 21 anos, pela branca, olhos castanhos e cabelos castanhos, mede 1,72 metros e tem uma tatuagem com um terço no peitoral direito. 
Procurado pelo crime de extorsão mediante sequestro com resultado morte (art. 159, § 3º, do Código Penal), que vitimou V. R. R. na cidade de São Paulo-SP, no ano de 2016. Teve sua prisão preventiva decretada. Fabrício agiu em parceria criminosa com o também procurado pela Justiça, Isaque Fernando Silva Soares, e outros, já presos.

10 - Sonia Aparecida Rossi (Maria do Pó) - Tráfico de drogas

Sonia Aparecida Rossi (Maria do Pó) - Tráfico de drogas


É a traficante mais procurada no Brasil, envolvida com a comercialização de grande quantidade de drogas. Condenada a mais de 50 anos de prisão. Em uma de suas prisões, no ano de 2000, trocou tiros com policiais. Evadida desde março de 2006, da Penitenciária Feminina de Sant' Ana - capital paulista. Atende pelos apelidos de Sandrinha, Professora, Tatá e Tia. Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: "Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória". A DENÚNCIA EFETIVA QUE LEVE O PROCURADO/FORAGIDO A SER PRESO, PODERÁ GERAR PRÊMIO DE 5 MIL REAIS AO DENUNCIANTE, PRESERVADO O SIGILO DE SUA IDENTIDADE (RESOLUÇÃO SSP-75, de 30-6-2014).

Comentários