Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Dise de Marília detém dois por tráfico de drogas

Dise de Marília detém dois por tráfico de drogas


A Polícia Civil deteve, na terça-feira (17), uma mulher, de 18 anos, e um adolescente, de 16, que foram flagrados com mais de 190 porções de drogas durante duas ações distintas deflagradas no município de Marília.

Os trabalhos foram realizados por agentes da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) da cidade, que realizavam diligências contra o tráfico de drogas quando identificaram uma mulher envolvida no crime.

Diante das informações apuradas, a Justiça expediu mandado de busca domiciliar e as equipes foram até a residência da mulher, no bairro Flamingo, que seria utilizada para armazenamento e preparo das substâncias.

Os policiais realizaram campana nas proximidades do imóvel alvo e surpreenderam a investigada indo em direção a um terreno onde se abaixou, pegou algo e colocou uma parte sob o sutiã e outra no bolso do short.

Quando retornava para a casa, a mulher foi abordada e, durante revista pessoal, a investigadora encontrou uma muca com 20 porções de crack, além de 12 porções de maconha, que estavam embaladas individualmente.

Retornando ao terreno, no local onde ela havia se abaixado, ainda foi localizada mais uma sacola enterrada com três pacotes que totalizaram 140 porções de crack idênticas as encontradas com a mulher.

Em continuidade às diligências, os agentes ainda vistoriaram a casa da suspeita, onde foram recolhidas mais 14 porções de crack, bem como a importância de R$ 252,00 em dinheiro, proveniente do tráfico.

As drogas foram apreendidas e encaminhadas à perícia. A acusada foi presa em flagrante e indiciada por tráfico, permanecendo no cárcere do Plantão Policial de Marilia até audiência de custódia.

Mais drogas

Mais tarde, integrantes da mesma equipe especializada conseguiram identificar a existência de um ponto de venda de drogas ilícitas, localizado nos fundos de um poliesportivo, situado no bairro Senador Salgado Filho, e foram até o local para averiguar.

Os policiais se posicionaram em local estratégico, de onde conseguiram observar a movimentação. Durante o período de campana, o adolescente responsável pela venda das substâncias foi identificado e visto pegando drogas em uma área de mata.

Foi então realizada abordagem e encontradas dentro de sua roupa íntima, três porções de maconha de diferentes tamanhos. Foi solicitado apoio do canil da Polícia Militar para varredura no matagal, sendo encontradas mais duas porções da mesma droga.

O entorpecente foi apreendido para perícia. O rapaz admitiu envolvimento na prática criminosa e detido. Ele permaneceu custodiado em local adequado da carceragem da Central de Polícia Judiciária de Marília para apreciação pela Curadoria da Infância e Juventude.

Comentários