Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Ladrão se esconde embaixo da cama para fugir da polícia em Botucatu

Ladrão se esconde embaixo da cama para fugir da polícia em Botucatu


Um ladrão invadiu e saqueou uma lanchonete e um pet-shop da Chácara dos Pinheiros, porém foi preso escondido embaixo da cama, pela Polícia Militar e os equipamentos subtraídos foram recuperados e devolvidos aos empresários. As invasões ocorreram na madrugada de 27 de julho, e na noite do mesmo dia a polícia capturou os saqueadores.

A prisão por furto qualificado dos envolvidos só foi possível devido às imagens do circuito interno de segurança de um dos estabelecimentos, que mostraram aos policiais que o autor do roubo já era conhecido nos meios policiais.

A captura teve início quando a viatura foi até a casa da irmã do ladrão, na rua Aurélio Ferrari, onde foram informados pela senhora que seu irmão estava na residência. Ela liberou a entrada dos policiais no imóvel.

O criminoso tentou se esconder embaixo da cama, porém foi pego pelos policiais, e acabou confessando que escondeu os produtos furtados em uma lixeira no quintal. Ao vistoriar o local apontado pelo criminoso foram localizados três máquinas de cartão de crédito e sobre a geladeira da casa um controle remoto, todos pertencentes à lanchonete.

A respeito dos itens levados do Pet Shop, o assaltante informou que foram vendidos para um rapaz que mora na Vila Antártica, na Rua Marília. Os policiais foram até o endereço e recuperaram os itens furtados, que juntos somam mais de R$ 7 mil.

Ladrão e receptador foram levados até o Plantão Permanente, onde foi elaborado Boletim de Ocorrência por furto qualificado e receptação, liberando os envolvidos em seguida.

Comentários