Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

Ladrão se esconde embaixo da cama para fugir da polícia em Botucatu

Ladrão se esconde embaixo da cama para fugir da polícia em Botucatu


Um ladrão invadiu e saqueou uma lanchonete e um pet-shop da Chácara dos Pinheiros, porém foi preso escondido embaixo da cama, pela Polícia Militar e os equipamentos subtraídos foram recuperados e devolvidos aos empresários. As invasões ocorreram na madrugada de 27 de julho, e na noite do mesmo dia a polícia capturou os saqueadores.

A prisão por furto qualificado dos envolvidos só foi possível devido às imagens do circuito interno de segurança de um dos estabelecimentos, que mostraram aos policiais que o autor do roubo já era conhecido nos meios policiais.

A captura teve início quando a viatura foi até a casa da irmã do ladrão, na rua Aurélio Ferrari, onde foram informados pela senhora que seu irmão estava na residência. Ela liberou a entrada dos policiais no imóvel.

O criminoso tentou se esconder embaixo da cama, porém foi pego pelos policiais, e acabou confessando que escondeu os produtos furtados em uma lixeira no quintal. Ao vistoriar o local apontado pelo criminoso foram localizados três máquinas de cartão de crédito e sobre a geladeira da casa um controle remoto, todos pertencentes à lanchonete.

A respeito dos itens levados do Pet Shop, o assaltante informou que foram vendidos para um rapaz que mora na Vila Antártica, na Rua Marília. Os policiais foram até o endereço e recuperaram os itens furtados, que juntos somam mais de R$ 7 mil.

Ladrão e receptador foram levados até o Plantão Permanente, onde foi elaborado Boletim de Ocorrência por furto qualificado e receptação, liberando os envolvidos em seguida.

Comentários