Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

9 árvores que você pode plantar para atrair aves e animais

9 árvores que você pode plantar para atrair aves e animais


Se você ama aves e outros animais tanto quanto nós, a dica é fácil, basta plantar uma dessas 9 árvores e aguardar que com o tempo você passará a receber a visita desses seres incríveis da natureza com frequência.

Mas precisa ser árvores frutíferas apenas? Lógico que não, plantas com sementes, cheiros e ate mesmo a formação dos troncos é o que vai garantir que você seja visitado por esses seres incríveis, o importante é que sejam árvores que as aves e outros animais gostem! 

Para te ajudar a escolher a sua árvore, montamos uma lista com plantas que atraem aves, mas cuidado, analise bem, algumas delas não servem para área urbana e se darão bem melhor em áreas de matas, sítios e chácaras. Portanto, escolha com cuidado e decida qual delas terá um lugar no seu jardim ou quintal?

Vamos ao que interessa as 9 árvores que você pode plantar para atrair aves e animais


1. Paineira – Chorisia speciosa


A paineira é uma árvore majestosa, que pode chegar a ter 30 metros de altura. Suas lindas flores cor-de-rosa são uma das características mais marcantes da espécie. Foto: Valdison Aparecido Gil
A paineira é uma árvore que praticamente existe em todo Brasil. As flores são polinizadas por borboletas, beija-flores e morcegos. Se pertinho da sua casa tem uma paineira, repare na grande quantidade de borboletas que ficam próximas às flores! É maravilhoso!

2. Hibisco-colibri – Malvaviscus arboreus


O hibisco-colibri, também chamado de malvavisco, é um arbusto que pode alcançar até 4 metros altura. Ele pode ser usado como cerca, e por isso é comum vê-lo em jardins cercado de beija-flores, que dá o nome a planta.

3. Goiaba – Psidium guajava


A goiabeira é uma árvore que está na memória de muitos brasileiros. Essa planta pode chegar a ter 7 metros de altura, e frutifica entre dezembro e março, atraindo muitas aves!

4. Pitangueira – Eugenia uniflora


Podemos ver diversas espécies de aves se alimentando nas pitangueiras: jacus, caturritas, bem-ti-vis, guaracavas, sabiás, cardeais, guaxes, saíras e sanhaçus. Foto: Gabi Heliodoro
A pitangueira é uma árvore que pode ser encontrada em praticamente todos os biomas brasileiros. Seu nome é de origem indígena: significa “vermelho rubro”, em referência a cor de seus frutos. A pitanga é bastante consumida por diversos tipos de animais e pode ser encontrada em vários cosméticos, polpas, geleias, sorvetes, licores e sucos.

5. Canjerana – Cabralea oblongifolia


O tucano-de-bico-verde é uma das ave que sempre podemos ver em uma canjerana. Foto: Martin Molz
Os frutos da canjerana são muito nutritivos e apreciados por aves e pequenos mamíferos, fazendo com que seja uma espécie facilmente disseminada. Este é um dos motivos para que a canjerana seja utilizada em reflorestamentos e plantios de restauração ambiental.

6. Tucaneira – Citharexylum myrianthum


A tucaneira é uma árvore pioneira: ela se desenvolve rapidamente em locais que ainda não tem outras árvores. Essa característica é muito importante para o reflorestamento, já que ela forma sombra para que outras espécies de árvores cresçam dentro da floresta. As flores da tucaneira também são muito visitadas por abelhas e outros polinizadores. Essa árvore é popularmente conhecida por diversos nomes: pau-viola, tarumã, pombeiro, baga-de-tucano e jacareúba.


7. Jabuticabeira – Plinia cauliflora


Periquitos, tuins e saíras são algumas aves que adoram a jabuticaba. Em alguns locais, temos a oportunidade de ver de pertinho esses animais se alimentando dos frutos da árvore. Os frutinhos roxos são ricos em substâncias com funções antioxidantes e também fazem muito sucesso com humanos!

8. Uvaia – Eugenia pyriformis


Nativa da Mata Atlântica, a uvaia é conhecida como uma fruta do mato. Seu nome deriva do tupi “ubaia” ou “ybá-ia”, que significa “fruto azedo”. Muito apreciado pelas aves da Mata Atlântica, como sanhaços, sabiás, saíras, tuins, papagaios e periquitos, o fruto também é rico em vitamina C (cerca de 4 vezes mais do que a laranja). Sua polpa pode ser utilizada em geléias, sucos, cervejas, sorvetes e iogurtes. Também é uma árvore muito utilizada em projetos de reflorestamento, pois atrai diversos animais que querem se alimentar dos frutos, e eles trazem várias outras sementes.

9. Laranja-de-macaco – Posoqueria latifolia


Como o próprio nome diz, macacos de diversas espécies (principalmente bugios) apreciam muito os frutos da laranja-de-macaco, o que torna essa espécie uma escolha perfeita para a recuperação de áreas degradadas. Os animais que se alimentam dos frutos dessa planta auxiliam na dispersão de suas sementes, fazendo com que novas plantas cresçam. Além disso, já foram realizados alguns testes que indicam um grande potencial para o desenvolvimento de produtos medicinais à base dessa planta.

Antes de plantar as árvores no seu jardim, é muito  importante pesquisar qual é a melhor forma de cultivá-las e qual é a região em que cada espécie cresce e se desenvolve melhor. Afinal, a Mata Atlântica é tão grande que a distribuição de cada árvore pode variar muito! Preferir as árvores nativas da sua região é a melhor forma de garantir que vão crescer saudáveis e atrair muitas aves para a sua casa.


Comentários