Começa o recapeamento da Rodovia Alcides Soares

Começou na última quarta-feira, 19, a tão esperada obra de recapeamento asfáltico da Rodovia Alcides Soares, que liga Botucatu ao distrito de Vitoriana. O recapeamento terá ao todo 12 quilômetros de extensão, desde a região do Residencial Cachoeirinha, até a chegada a Vitoriana. A obra terá supervisão do Departamento de Estradas e Rodagem, do Governo Estadual e também da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura. Os trabalhos estão sendo executados pelo Grupo Sanson, vencedor do processo licitatório. “Estive na obra, junto ao Secretário de Infraestrutura Rodrigo Taborda para acompanharmos o início dos trabalhos. É uma obra esperada há muito tempo pela nossa população e por isso faremos questão de acompanhar cada metro de asfalto novo para garantir que tudo seja executado da melhor maneira”, afirmou o Prefeito Mário Pardini. A expectativa é de que a obra dure 6 meses. O trânsito no local durante esse período funcionará, em alguns trechos, em esquema de “pare e sig

Você conhece Frane Selak, o homem mais sortudo do mundo?

Frane Selak - Você conhece o homem mais sortudo do mundo


Você conhece o homem mais sortudo do mundo? Se a resposta é não o site Segue Rumo está aqui para lhe apresentar o professor de música Frane Selak, um croata nascido em 14 de junho de 1929, e para ter ideia da proporção de sua falta de azar, ele mesmo se autodenomina como o homem mais sortudo do mundo isso graças às suas inúmeras experiências que o aproximaram da morte, sofrendo apenas leves arranhões.

Por exemplo, em janeiro de 1962, lá estava ele viajando de trem de Sarajevo à Dubrovnik, quando de repente, o trem descarrilhou. Para aumentar ainda mais a falta de sorte dos passageiros, o trem afundou em um rio congelado. Pois bem, nesse acidente morreram 17 pessoas. Já, Selak escapou com apenas um braço quebrado.

No ano seguinte, em 1963, ele viajava de avião entre Zagreb à Rijeka, quando do nada, a porta da aeronave se abriu, o incidente resultou em vinte passageiros sendo jogados para fora do avião, inclusive ele, porém, apenas Selak sobreviveu. Por incrível que pareça, o professor de música caiu em cima de um monte de feno, dispostos em um pasto de uma fazenda. Nesse acidente ele sofreu apenas arranhões leves.

Em uma viagem de ônibus no ano de 1966, o veículo bateu e como no primeiro caso, afundou em um rio. Esse acidente resultou na morte de quatro passageiros, exceto Selak que sobreviveu, sem apresentar nenhum ferimentos.

Em 1970, ele abastecia o carro e decidiu se afastar um pouco do veículo para resolver outras questões, quando, do nada, a bomba de gasolina, que estava com defeito, explodiu e deixou seu carro em chamas.

Três anos depois, em 1973, Selak estava em outro veículo quando o motor pegou fogo, as chamas foram expelidas pelo sistema de ventilação. Selak sobreviveu, mas nessa vez ele sofreu pequenas queimaduras, e acabou perdendo parte do cabelo.

Na década de 1990, para ser mais preciso, em 1995, o homem mais sortudo do mundo foi atropelado por um ônibus que trafegava em umas das ruas centrais da cidade onde morava. E, novamente, Selak saiu dessa ileso, com pequenos arranhões apenas.

Em 1996, ele estava dirigindo despreocupadamente por uma estrada sinuosa, quando avistou um caminhão vindo em sua direção, sem tempo para desviar ele saltou do veículo em movimento, antes porém jogou seu veículo arranco abaixo, em um precipício. O caminhão desgovernado invadiu a pista onde estava o veículo, porém no salto, Selak se agarrou a uma árvore e seu carro explodiu 90 metros abaixo dele.

No ano de 2003, para coroar a boa sorte de Selak, o homem mais sortudo do mundo ganhou um prêmio de um milhão de dólares na loteria Croata. Naquele dia, ele afirmou que "sabia que Deus o estava observando todos esses anos".

No mesmo ano, o sortudo não quis fazer um voo para a Austrália para gravar um comercial da Doritos, alegando que "não queria testar sua sorte novamente".

-----------------------------------

Renato Fernandes Jornalista com ampla experiência, antes de ingressar na redação do Segue Rumo passou por importantes meios de comunicação da cidade onde reside (Botucatu), como Diário da Serra (20 anos), folha Serrana, Folha Regional, Revista O Lojista, blog O Grito Notícias, Solutudo. Experiente no jornalismo web e formado em Análise em Mídias Digitais e ampla experiência em SEO atuando ainda na redação, edição, revisão de textos, e produção de conteúdo para o Youtube


Comentários