Traficantes são presos no Santa Elisa no portão da boca de fumo

Uma dupla de traficantes foi presa na noite de ontem, no portão da boca de fumo do Santa Elisa, com maconha, crack, cocaína e dinheiro. A captura dos marginais foi feita por Policiais da Força Tática da Polícia Militar, que avistaram os dois suspeitos ao longe e perceberam que um deles ao avistar a viatura correu para o fundo do imóvel. Enquanto um dos policiais abordava um dos indivíduos no portão, o outro agente da lei conseguiu identificar que o segundo suspeito jogou uma sacola no próprio quintal. Ao verificar o que havia na sacola, os policiais não ficaram surpresos ao constatar que trata-se de 66 porções de crack prontas para a venda. Na busca pessoal os agentes encontraram com um dos traficantes mais 5 porções de crack, 3 porções de maconha, uma porção de cocaína, além de R$ 222 em dinheiro.  A dupla recebeu voz de prisão e foram conduzidos ao Plantão Policial onde foi confeccionado um Boletim de Ocorrência (B.O)  como tráfico de drogas. A dupla agora está presa à disposição

Culinária Guarani disponível em livro de receita on-line


A culinária Guarani está disponível em livro de receita on-line, disponibilizado pela Associação Indígena Guarani Mboapy Pindó de Aracruz, que lançou a publicação em 2016. O livro de receitas Tebi'u Eté, pode ser consultado através do site “Issuu.com.

A publicação digital é bilíngue Português/Guarani e apresenta as receitas, através de imagens e textos, apresentando os segredos no preparo tradicional e rica alimentação Guarani.

Alimentos básicos da culinária Guarani são também bastante comuns em nossas cozinhas, como o milho, mandioca, amendoim, palmito, batata-doce, feijão, mel, peixe e carne.

Nas páginas as sugestões vão desde o consumo dos alimentos frescos, até cozidos e assados na brasa, sem muito tempero.

A obra não abre mão de Alguns dos produtos relacionados a cerimônias sagradas como por exemplo o Kagwidjy, ou seja, milho cozido que deve ser mastigado por uma jovem virgem, cujo guspe serve para fermentar o milho por meio da saliva.

A obra traz ainda, informações da chegada deste povo indígena ao Espírito Santo, no final dos anos 1960 através da peregrinação guiada pela líder espiritual Tatatxi Ywá Reté, fundando aldeias na região de Aracruz.

Tebi'u Eté significa Alimento Sagrado em língua guarani, e se você ficou interessado vale dar uma conferida no LINK

Comentários