Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina

Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina, isso é importante pois grupos de mulheres indígenas do país empreendem uma caminhada desde o dia 14 de março em direção à cidade de Buenos Aires. Elas chegarão no dia 22 de maio na capital federal, dia da plurinacionalidade dos territórios. Para o bloco sul, a caminhada total será de cerca de 1.900km, e, para o bloco norte, 1.200km, segundo estimativas recentes das ativistas. Também partiram grupos do leste e oeste do país, reunindo mulheres de diferentes nações indígenas. "Caminhamos para propor que o terricídio seja considerado um crime de lesa humanidade e lesa natureza", afirmam, em comunicado. "Sabemos que não é o melhor momento para sair dos territórios. No entanto, se ficamos em casa, continuam nos matando." O conceito de terricídio foi criado pelo movimento de mulheres indígenas para englobar as diversas formas de assassinato das formas de vida. Trata-se de feminicídio, ecocídio

Laranjal Paulista de ontem e hoje. Você conhece esses lugares?



O tempo deixa marcas em tudo e todos e com a cidade não poderia ser diferente. As ruas de hoje tinham aspectos muito diferentes ontem e essas marcas ficam aparentes em nossa arquitetura de hoje.
A cidade de Laranjal Paulista, já é centenária e esse ano completa 102 anos, em outubro. Muita coisa aconteceu desde que os primeiros tropeiros pousavam no Ribeirão dos Laranjais.

A promessa de terras férteis, com o passar dos anos se tornou ponto estratégico para a produção da Indústria de Plástico.

Apesar de tanta história muito se perdeu com o tempo e garantimos que muitas pessoas que apreciam nossas paisagens naturais e arquitetônicas não fazem ideia de como esses locais eram no passado.

Para esclarecer essa dúvida, vasculhamos a internet e grupos específicos de fotos antigas e trouxemos um comparativo com o passado e o presente.

Usamos imagens históricas do grupo de Facebook Laranjal Fotos Antigas e os registros atuais foram clicados pelo fotógrafo de Laranjal Paulista Jefferson Farias.

De acordo com Farias a intenção foi repetir o mesmo ângulo sempre que possível. A maioria das imagens carece de identificação, legenda e até mesmo a autoria. Certamente contamos com a ajuda de vocês para esclarecer essas dúvidas nos comentários.

Se você gostou da ideia vai curtir ainda mais o resultado.

Confira as comparações


Antigo Cinema

Escola Quinzinho do Amaral

Praça São João - Próximo à Pastelaria

Fábrica de correntes e gaiolas Zalla

Terminal Rodoviário

Igreja de São João Batista

 *Renato Fernandes
In Loco Conteúdo

Comentários