Trabalhador de 20 anos morre após cair de telhado na Eucatex

Um acidente de trabalho acabou matando o jovem Cristiano Ferreira De Souza, 20 anos, que caiu do telhado de um dos barracões da Eucatex, na manhã da última quinta-feira, 20. Cristiano era funcionário da empresa terceirizada MFL Construtora, e caiu de uma altura aproximada de 20 metros, quando a estrutura cedeu.  O impacto da queda deixou o rapaz gravemente ferido, ele recebeu os primeiros socorros e foi socorrido ainda com vida, porém não resistiu e morreu. Após o acidente, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), para procedimentos técnicos. Cristiano foi sepultado no Cemitério da Saudade, em Itatinga. Após o acidente a Eucatex emitiu uma nota de esclarecimento, confira. "A Eucatex lamenta informar o acidente ocorrido no dia 20 de janeiro de 2022, que culminou na morte de Cristiano Ferreira de Souza, 20 anos, residente em Itatinga. O profissional, contratado pela MFL Construtora, empresa que presta serviços à Eucatex, realizava um procedimento de manutenção no te

Foi preso traficando no banco da praça em Botucatu com 121 porções de drogas

Foi preso traficando no banco da praça em Botucatu com 121 porções de drogas


Na tarde de sábado (10), a equipe GEPOM (Patrulhamento em Motocicletas) da Guarda Civil Municipal prendeu um traficante de 21 anos, na praça do Conjunto Habitacional Clemente Jorge Roncari (Cohab V), com 121 porções de drogas diversas.

A prisão ocorreu durante patrulhamento de rotina quando os agentes entraram na praça com suas motocicletas e avistaram dois indivíduos sentados em um banco, um deles ao avistar a equipe fugiu e jogou no chão solo uma sacola.

Devido à fuga suspeita o rapaz foi interceptado, abordado e revistado e com ele foi localizado um recipiente com cocaína, além de R$ 34 no bolso de sua blusa. Os agentes também localizaram a sacola e em seu interior foram encontradas 82 pedras de crack, 25 porções de maconha, e 13 recipientes com cocaína prontos para venda. 

O jovem confessou que estava traficando no local há uma semana e que o dinheiro que estava em seu bolso era fruto da venda de drogas. 

Os agentes do GEPOM conduziram o rapaz ao plantão  policial onde foi ratificada a voz de prisão e elaborado o Boletim de Ocorrência como tráfico de entorpecentes, e agora o meliante está à disposição da justiça.

Vale ressaltar que a praça da Cohab V onde ocorreu essa prisão fica a poucos metros do Conjunto Habitacional Amando de Barros Sobrinho, os predinhos da CDHU da Vila Cidade Jardim, o Mercadão das Drogas de Botucatu.

Comentários