Traficantes são presos no Santa Elisa no portão da boca de fumo

Uma dupla de traficantes foi presa na noite de ontem, no portão da boca de fumo do Santa Elisa, com maconha, crack, cocaína e dinheiro. A captura dos marginais foi feita por Policiais da Força Tática da Polícia Militar, que avistaram os dois suspeitos ao longe e perceberam que um deles ao avistar a viatura correu para o fundo do imóvel. Enquanto um dos policiais abordava um dos indivíduos no portão, o outro agente da lei conseguiu identificar que o segundo suspeito jogou uma sacola no próprio quintal. Ao verificar o que havia na sacola, os policiais não ficaram surpresos ao constatar que trata-se de 66 porções de crack prontas para a venda. Na busca pessoal os agentes encontraram com um dos traficantes mais 5 porções de crack, 3 porções de maconha, uma porção de cocaína, além de R$ 222 em dinheiro.  A dupla recebeu voz de prisão e foram conduzidos ao Plantão Policial onde foi confeccionado um Boletim de Ocorrência (B.O)  como tráfico de drogas. A dupla agora está presa à disposição

Foi preso traficando no banco da praça em Botucatu com 121 porções de drogas

Foi preso traficando no banco da praça em Botucatu com 121 porções de drogas


Na tarde de sábado (10), a equipe GEPOM (Patrulhamento em Motocicletas) da Guarda Civil Municipal prendeu um traficante de 21 anos, na praça do Conjunto Habitacional Clemente Jorge Roncari (Cohab V), com 121 porções de drogas diversas.

A prisão ocorreu durante patrulhamento de rotina quando os agentes entraram na praça com suas motocicletas e avistaram dois indivíduos sentados em um banco, um deles ao avistar a equipe fugiu e jogou no chão solo uma sacola.

Devido à fuga suspeita o rapaz foi interceptado, abordado e revistado e com ele foi localizado um recipiente com cocaína, além de R$ 34 no bolso de sua blusa. Os agentes também localizaram a sacola e em seu interior foram encontradas 82 pedras de crack, 25 porções de maconha, e 13 recipientes com cocaína prontos para venda. 

O jovem confessou que estava traficando no local há uma semana e que o dinheiro que estava em seu bolso era fruto da venda de drogas. 

Os agentes do GEPOM conduziram o rapaz ao plantão  policial onde foi ratificada a voz de prisão e elaborado o Boletim de Ocorrência como tráfico de entorpecentes, e agora o meliante está à disposição da justiça.

Vale ressaltar que a praça da Cohab V onde ocorreu essa prisão fica a poucos metros do Conjunto Habitacional Amando de Barros Sobrinho, os predinhos da CDHU da Vila Cidade Jardim, o Mercadão das Drogas de Botucatu.

Comentários