Exposição “Birds na Pina - Aves de Botucatu” já está aberta para visitação

A exposição de fotografias “Birds na Pina” já está aberta ao público. Os visitantes poderão contemplar imagens de cerca de 70 espécies de aves que vivem em Botucatu, registradas por diversos fotógrafos. Promovida pela Secretaria Adjunta de Turismo, a exposição oferece aos seus visitantes experiências interessantes, como uma mostra de comedouros caseiros, vídeos sobre o tema e cantos de aves disponíveis no espaço audiovisual, jogo da memória exclusivo, painéis sobre os biomas locais e tótens de pássaros gigantes. Quem passar por lá também poderá vivenciar a experiência de entrar em uma gaiola humana, e participar de oficinas, passarinhadas, rodas de conversa, visitas guiadas, contações de histórias e encontros com os fotógrafos e outros convidados. No próximo sábado, dia 30, às 11h30, no espaço da exposição, será feito o lançamento do “Guia de aves da Demétria 2”, de Gersony Jovchelevich, que apresenta 76 novas espécies locais, todas ilustradas com fotos e breves informações para facil

Cientistas do Amanhã busca despertar interesse pela ciência



O projeto Cientistas do Amanhã busca despertar interesse pela ciência e está sendo promovido pelo  polo da Liga Nacional dos Acadêmicos em Biotecnologia (LiNA) do câmpus da Unesp de Botucatu, a iniciativa busca aproximar os estudantes do ensino médio da universidade e despertar o interesse pelo meio científico.

A ação foi desenvolvida pensando no baixo interesse dos alunos do ensino médio, principalmente os de escola pública, pelo universo científico e pelo ingresso nas universidades.

As escolas que irão participar das atividades serão a E.E Prof. Pedro Torres, E.E Anselmo Bertoncini e a ETEC Dr. Domingos Minucucci Filho. Mais de cem alunos já estão inscritos para participar o projeto.

A iniciativa da LiNA conta com a colaboração do projeto de extensão da Unesp Botucatu "Meninas na Ciência"; do podcast de divulgação científica "Resenha com Ciência"; da professora Ariane Leite Rozza, do Insitituto de Biociências da Unesp e da bióloga Mônica Lopes Ferreira, do Laboratório de Toxinologia Aplicada do Instituto Butantan.

O projeto é constituído por três etapas. Na primeira delas, os alunos inscritos realizarão, semanalmente, capacitações e gincanas que abordem de forma simplificada conceitos vistos anteriormente em sala, em temas como extração de material genético e o funcionamento de um teste de DNA, por exemplo. As capacitações serão iniciadas dia 24 de abril e a previsão de encerramento em 27 de novembro.

Na segunda etapa será disponibilizado aos alunos uma história em quadrinhos elaborada pelos colaboradores do projeto retratando temas pertinentes ao universo científico.

Serão trabalhados os temas: o que é ciência; quem pode ser cientista; o que é Biotecnologia; como funciona a metodologia científica e a importância das universidade.

O livro será financiado pelo CeTICS (Centro de Toxinas, Resposta-Imune e Sinalização Celular), da qual faz parte a pesquisadora Mônica Lopes Ferreira. A terceira etapa é a realização de uma  Feira de Ciências, ainda sem previsão de realização devido à pandemia da Covid-19.

Os interessados em contribuir para custear os gastos com o desenvolvimento das atividades podem fazê-lo por esse Link ou esse outro link 


Comentários