Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina

Mulheres indígenas chegam na reta final da caminhada de 2.000 km pela Argentina, isso é importante pois grupos de mulheres indígenas do país empreendem uma caminhada desde o dia 14 de março em direção à cidade de Buenos Aires. Elas chegarão no dia 22 de maio na capital federal, dia da plurinacionalidade dos territórios. Para o bloco sul, a caminhada total será de cerca de 1.900km, e, para o bloco norte, 1.200km, segundo estimativas recentes das ativistas. Também partiram grupos do leste e oeste do país, reunindo mulheres de diferentes nações indígenas. "Caminhamos para propor que o terricídio seja considerado um crime de lesa humanidade e lesa natureza", afirmam, em comunicado. "Sabemos que não é o melhor momento para sair dos territórios. No entanto, se ficamos em casa, continuam nos matando." O conceito de terricídio foi criado pelo movimento de mulheres indígenas para englobar as diversas formas de assassinato das formas de vida. Trata-se de feminicídio, ecocídio

Obras de Cissa Raphael na decoração do Encontro com Fátima Bernardes


Na próxima semana, entre os dias 12 e 16 de agosto, obras de Cissa Rafael estarão na decoração do programa Encontro com Fátima Bernardes, que vai ao ar diariamente pela Rede Globo de Televisão.

A notícia foi dada pela artista em uma postagem no Facebook, que diz o seguinte: "Amigos, na próxima semana, de 12 a 16 de agosto, meus trabalhos estarão na decoração do programa da Fátima Bernardes.

Quem quiser assistir e prestigiar a arte, que com muito orgulho leva o nome da nossa cidade, ficarei muito feliz e grata pelo carinho e apoio de vocês!".

A artista plástica botucatuense tem 52 anos, e além de artista também divide o tempo como professora de Educação Física e Terapeuta em Botucatu.

Cissa é reconhecida pelos seus trabalhos em murais pela cidade, onde esbanja talento com seu traçado moderno, muito colorido e geométrico.

Cissa começou a desenhar ainda na infância, porém, suas cores ganharam as ruas por volta de 2015.
Cissa é filiada à Academia Americo Latina de Arte, que tem a curadoria de Fabio Porchat, pai do humorista e apresentador de TV, homônimo.

Um dos trabalhos da artista, o elefante pintado em 2017, para a Elephant Parade de São Paulo, está em exposição na sede do Instituto Luiza Mell.

Cissa também chamou a atenção de empresas da região como as sorocabanas Taky Empreendimentos, Construtora Bonelli e AE patrimônios e Consultores Imobiliários, que tem em paredes de seus empreendimentos obras da artista botucatuense.

Comentários