Começa o recapeamento da Rodovia Alcides Soares

Começou na última quarta-feira, 19, a tão esperada obra de recapeamento asfáltico da Rodovia Alcides Soares, que liga Botucatu ao distrito de Vitoriana. O recapeamento terá ao todo 12 quilômetros de extensão, desde a região do Residencial Cachoeirinha, até a chegada a Vitoriana. A obra terá supervisão do Departamento de Estradas e Rodagem, do Governo Estadual e também da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura. Os trabalhos estão sendo executados pelo Grupo Sanson, vencedor do processo licitatório. “Estive na obra, junto ao Secretário de Infraestrutura Rodrigo Taborda para acompanharmos o início dos trabalhos. É uma obra esperada há muito tempo pela nossa população e por isso faremos questão de acompanhar cada metro de asfalto novo para garantir que tudo seja executado da melhor maneira”, afirmou o Prefeito Mário Pardini. A expectativa é de que a obra dure 6 meses. O trânsito no local durante esse período funcionará, em alguns trechos, em esquema de “pare e sig

Aumenta mais de 20% a quantia de drogas aprendidas na região de Piracicaba no primeiro semestre

Quantidade de drogas apreendidas na região de Piracicaba cresce mais de 20% no primeiro semestre


O trabalho das polícias Civil e Militar na região de Piracicaba para combater o tráfico de drogas permitiu retirar mais de 3,2 toneladas de entorpecentes das ruas, nos primeiros seis meses deste ano. A quantidade é a segunda maior para o período em 21 anos, o que demonstra a efetividade das ações empregadas, especialmente por parte de unidades especializadas de ambas as Instituições.

No primeiro semestre do ano foram apreendidos 3.247,7 quilos das mais variadas substâncias, sendo 2.177,8 kg de maconha; 468,8 kg de cocaína; 570,2 kg de crack; e o restante de outros tipos de drogas. Em igual período de 2020 foram recolhidos 2.625,5 kg de entorpecentes – 2.246,8 kg de maconha; 308,3 kg de cocaína; 41,6 kg de crack; além de outras substâncias.

Desde 2001, quando teve início a série histórica, essa foi a segunda vez que a quantidade de drogas apreendidas no semestre ultrapassou 3,2 toneladas. A maior somatória de entorpecentes recolhidos no período foi registrada em 2018: 4.391,4 kg.

Se analisado apenas o mês de junho deste ano, em comparação com igual mês de 2020, o aumento na apreensão de entorpecentes no território paulista foi de 35,70%. A quantidade passou de 360,3 kg para 489 kg.

Forte combate ao crime


Os resultados apresentados na atual gestão no combate à criminalidade, especialmente ao tráfico de drogas, são consequência dos investimentos em tecnologia e equipamentos e de outras medidas, como o aumento do efetivo policial nas ruas por meio das megaoperações São Paulo, Interior e Rodovia Mais Segura.

Também houve forte empenho do governo estadual para ampliar as unidades especializadas das polícias Militar e Civil, que têm como foco combater o crime de maneira mais ostensiva.

Prova disso são os Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baep), que atuam de forma semelhante aos padrões do patrulhamento de Choque e agora estão presentes em todo o Estado; além das Divisões Especializadas de Investigações Criminais (Deic), que reúnem todas as atividades de polícia especializada, trazendo mais organização e eficiência, podendo ser encontradas em diversas regiões do território paulista.

Somado a isso, há que destacar o trabalho do policiamento rodoviário, que atua em mais de 20 mil quilômetros de rodovias estaduais, inclusive nas rotas usadas por traficantes para transportar entorpecentes dentro e entre estados. Neste caso, também há equipes especializadas para combater esta e outras naturezas criminais, as quais pertencem ao Tático Ostensivo Rodoviário (TOR).

Comentários