Oficinas artísticas do SARAD contribuem para o recomeço de muitas vidas

Arte. Pequena palavra que pode ser entendida como uma habilidade dirigida para a execução de uma tarefa ou um conjunto de técnicas para a produção de objetos. Porém, no Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD), essas quatro letras representam mais do que explicações teóricas: significam o recomeço na vida de muitas pessoas. Há cerca de dois anos, os pacientes da unidade vinculada ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) participam, semanalmente, de oficinas artísticas voltadas à marcenaria, à pintura, à escrita e à confecção artesanal de enfeites e objetos de decoração. As oficinas são acompanhadas pelas Enfermeiras Mariana Vulcano Neres e Patrícia Cristina Oliveira de Moraes e pela Técnica de Enfermagem Margareth Mendes Dantas que, além de realizarem o que a pioneira da Enfermagem moderna Florence Nightingale aponta como “a mais bela das artes”, investem parte de sua rotina também para aperfeiçoar as habilidades dos pacientes, em prol da

Marido mata a esposa enforcada em Dois Córregos

Marido mata a esposa enforcada em Dois Córregos



Uma mulher foi enforcada e morta e seu marido foi preso, na madrugada de terça-feira (4), em Dois Córregos (SP).  O homicídio ocorreu no no bairro Bela Vista II, na residência do casal.

O crime foi executado por volta das 4 horas da madrugada e foi motivado por uma discussão entre Geralda Pedro da Silva, e seu executor, o próprio marido.

Geralda tinha 27 anos e era mãe de quatro filhos.

O suspeito foi preso e levado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Jaú, onde passou por audiência de custódia e a prisão convertida em flagrante para preventiva. O suspeito foi encaminhado para o CDP de Bauru.

Comentários