Começa o recapeamento da Rodovia Alcides Soares

Começou na última quarta-feira, 19, a tão esperada obra de recapeamento asfáltico da Rodovia Alcides Soares, que liga Botucatu ao distrito de Vitoriana. O recapeamento terá ao todo 12 quilômetros de extensão, desde a região do Residencial Cachoeirinha, até a chegada a Vitoriana. A obra terá supervisão do Departamento de Estradas e Rodagem, do Governo Estadual e também da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura. Os trabalhos estão sendo executados pelo Grupo Sanson, vencedor do processo licitatório. “Estive na obra, junto ao Secretário de Infraestrutura Rodrigo Taborda para acompanharmos o início dos trabalhos. É uma obra esperada há muito tempo pela nossa população e por isso faremos questão de acompanhar cada metro de asfalto novo para garantir que tudo seja executado da melhor maneira”, afirmou o Prefeito Mário Pardini. A expectativa é de que a obra dure 6 meses. O trânsito no local durante esse período funcionará, em alguns trechos, em esquema de “pare e sig

Mulher é espancada até perder a consciência em São Manuel

Mulher é espancada até perder a consciência em São Manuel


Uma mulher foi espancada até perder a consciência e desmaiar, em frente a um bar no Centro de São Manuel, no dia 21 de novembro. Entretanto, o caso só veio à tona agora com a divulgação, nas redes sociais, de imagens de câmeras de seguranças.

A mulher espancada tem 37 anos, e as imagens revelam extrema violência, quando um indivíduo sem camisa é contido por populares, porém escapa e desenvolve inúmeras agressões, desferindo socos e chutes contra a mulher, que cai, bate a cabeça em um carro e desmaia na sarjeta.

Mesmo no chão, o agressor continua com as agressões e pega a mulher pelo cabelo e acaba desferindo um soco, mesmo  com ela desacordada.

A vítima explicou à polícia que ela estava no bar, no bairro Aparecida, e o homem a tentou assediar. Foi quando ela informou ao homem que era casada e que não tinha interesse, nesse momento teve início uma discussão seguida de agressões.

A mulher ainda informou que durante as agressões o homem a ameaçou com uma arma, tentou a enforcar e atropelar.

A mulher procurou a polícia no dia seguinte às agressões  e o caso foi registrado como lesão corporal e por expor a vida ou a saúde de alguém a perigo direto e iminente.

De acordo com a Polícia Civil de São Manuel, um inquérito foi instaurado para apurar o ocorrido e o agressor já foi indiciado. A mulher passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

Comentários