Começa o recapeamento da Rodovia Alcides Soares

Começou na última quarta-feira, 19, a tão esperada obra de recapeamento asfáltico da Rodovia Alcides Soares, que liga Botucatu ao distrito de Vitoriana. O recapeamento terá ao todo 12 quilômetros de extensão, desde a região do Residencial Cachoeirinha, até a chegada a Vitoriana. A obra terá supervisão do Departamento de Estradas e Rodagem, do Governo Estadual e também da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura. Os trabalhos estão sendo executados pelo Grupo Sanson, vencedor do processo licitatório. “Estive na obra, junto ao Secretário de Infraestrutura Rodrigo Taborda para acompanharmos o início dos trabalhos. É uma obra esperada há muito tempo pela nossa população e por isso faremos questão de acompanhar cada metro de asfalto novo para garantir que tudo seja executado da melhor maneira”, afirmou o Prefeito Mário Pardini. A expectativa é de que a obra dure 6 meses. O trânsito no local durante esse período funcionará, em alguns trechos, em esquema de “pare e sig

Programa capacitou mais de 200 empresários ligados ao Turismo Regional

Programa capacitou mais de 200 empresários ligados ao Turismo Regional


Representantes do Polo Cuesta e o Sebrae-SP reuniram-se para fazer uma avaliação do Programa de Desenvolvimento do Turismo Regional. A iniciativa, realizada ao longo do segundo semestre de 2021, estreitou inúmeros serviços que compõem o trade turístico da região do Polo Cuesta.

O programa buscou capacitar, tirar dúvidas e ouvir demandas de empresários, microempresários e autônomos, que atuam direta ou indiretamente com o turismo, como artesãos, proprietários rurais, guias e agências de viagem, empresários do setor hoteleiro e gastronômico, entre outros.

Mais de 200 participantes, distribuídos em sete encontros que ocorreram de modo virtual e presencial, receberam conteúdos referentes a: destinos turísticos inteligentes, marketing digital, conversão de vendas, inteligência emocional, hospitalidade e serviços hoteleiros, formatação de roteiros e networking. Alguns proprietários rurais da região ainda receberam consultorias individuais específicas do Sebrae para avaliação do potencial e melhoria da visitação turística.

Segundo Thiago Donini, diretor executivo do Polo Cuesta, a ação aproximou ainda mais o trade turístico da região e terá continuidade em 2022. “Conseguimos integrar e capacitar muita gente que vê no turismo um potencial para o desenvolvimento econômico de suas cidades e da região. Para nós é uma honra ter parceiros como o Sebrae e o Instituto Jatobás, que enxergam o turismo de forma macro, regionalizada. Com certeza daremos continuidade ao programa, com novos encontros e capacitações”, afirma.

Em 2021, o Polo Cuesta completa 20 anos. Atualmente fazem parte dele nove cidades da região: Anhembi, Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Paranapanema, Pardinho, Pratânia e São Manuel. O consórcio também está em fase de mudança de finalidade. O objetivo é que a partir de 2022, ele tenha uma atuação mais multifinalitária, e não apenas exclusivamente ao turismo.

Comentários