Oficinas artísticas do SARAD contribuem para o recomeço de muitas vidas

Arte. Pequena palavra que pode ser entendida como uma habilidade dirigida para a execução de uma tarefa ou um conjunto de técnicas para a produção de objetos. Porém, no Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD), essas quatro letras representam mais do que explicações teóricas: significam o recomeço na vida de muitas pessoas. Há cerca de dois anos, os pacientes da unidade vinculada ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) participam, semanalmente, de oficinas artísticas voltadas à marcenaria, à pintura, à escrita e à confecção artesanal de enfeites e objetos de decoração. As oficinas são acompanhadas pelas Enfermeiras Mariana Vulcano Neres e Patrícia Cristina Oliveira de Moraes e pela Técnica de Enfermagem Margareth Mendes Dantas que, além de realizarem o que a pioneira da Enfermagem moderna Florence Nightingale aponta como “a mais bela das artes”, investem parte de sua rotina também para aperfeiçoar as habilidades dos pacientes, em prol da

Falso policial civil é preso em Bauru

Falso policial civil é preso em Bauru


Na quarta-feira (1º), o Grupo de Operações Especiais da Divisão Especializada de Investigações Criminais de Bauru (Goe/Deic/Deinter 4) prendeu um homem que se passava por policial civil, naquela municipalidade.

O homem estava no estande de tiro de uma unidade prisional. Ao ser abordado pela equipe, informou que estaria divulgando um curso de ações táticas a ser ministrado por ele. Ele portava uma pistola calibre 9mm e dois carregadores. A pistola estava registrada no nome da sua esposa.

Foram apreendidas munições, coldres e uma jaqueta do SAMU com o bordado da Força Nacional, além de dois veículos GM/Blazer com luzes semelhantes às de viaturas policiais.

O falso policial foi preso em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e falsificação de sinal público, e deverá ser apresentado em Audiência de Custódia.

Comentários