Polo Cuesta inicia construção de Planejamento Estratégico para o Turismo Regional

O Consórcio Polo Cuesta, em parceria com o Instituto Jatobás, deu início à construção de um Planejamento Estratégico para o turismo. Este documento irá auxiliar os municípios da região a compreender, estruturar e integrar ações para este setor nos próximos anos. O primeiro encontro foi realizado no último dia 25 de novembro, na Fazenda dos Bambus, em Pardinho, e contou com a presença de dirigentes municipais de turismo da região, que agrega nove cidades: Anhembi, Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Paranapanema, Pratânia, Pardinho e São Manuel. “Trata-se de uma iniciativa inédita para o consórcio, que em 2021 está completando 20 anos. Estamos em um momento de transformação. Precisamos planejar para executar com sucesso todos os nossos sonhos para este setor”, diz Thiago Henrique Donini, diretor executivo do Polo Cuesta. “Queremos nos estruturar, unir e organizar como progredir, olhar os futuros possíveis e construí-los, beneficiando a nossa região. Especialmente a economia local que o

Parque Tecnológico anuncia chegada de nova empresa e tem quase 100% das instalações já ocupadas

Parque Tecnológico anuncia chegada de nova empresa e tem quase 100% das instalações já ocupadas


O Parque Tecnológico de Botucatu assegurou a instalação de mais uma nova empresa em seu ambiente. A assinatura do termo ocorreu nesta semana e contou com a presença do Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Junot de Lara Carvalho, do Diretor do Parque Tecnológico Botucatu, Daniel da Cruz Lopes e do representante da empresa R4D Biotech Pesquisas e Desenvolvimento em Saúde Ltda., Denis Jeronimo Svicero.

A empresa voltada para a pesquisa, atua no desenvolvimento e inovação das ciências da vida humana e animal, bem como em serviços de consultoria em medicina humana e veterinária, prestação de serviços em medicina veterinária e comercialização de produtos de origem biotecnológica.

“Essa é uma importante conquista na busca de incremento na economia local, através da inovação e geração de emprego e renda. São novos empreendedores que buscam se firmar no mercado, que já geram empregos e que ainda vão crescer e gerar ainda mais oportunidades”, afirmou Junot de Lara Carvalho.

Atualmente, o Parque Tecnológico conta com a presença de 34 empresas instaladas, sendo 15 incubadas, 17 no prédio Administrativo, 1 em fase final de construção e 1 em fase inicial.

“Temos quase 100% das áreas internas do Parque Tecnológico ocupadas por empresas que acreditam no projeto e especialmente em nosso Município. Isso graças à infraestrutura que a Cidade oferece, que chama a atenção de muitos empresário em busca de crescimento”, finalizou Daniel Lopes, presidente do Parque Tecnológico.

Comentários