Polo Cuesta inicia construção de Planejamento Estratégico para o Turismo Regional

O Consórcio Polo Cuesta, em parceria com o Instituto Jatobás, deu início à construção de um Planejamento Estratégico para o turismo. Este documento irá auxiliar os municípios da região a compreender, estruturar e integrar ações para este setor nos próximos anos. O primeiro encontro foi realizado no último dia 25 de novembro, na Fazenda dos Bambus, em Pardinho, e contou com a presença de dirigentes municipais de turismo da região, que agrega nove cidades: Anhembi, Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Paranapanema, Pratânia, Pardinho e São Manuel. “Trata-se de uma iniciativa inédita para o consórcio, que em 2021 está completando 20 anos. Estamos em um momento de transformação. Precisamos planejar para executar com sucesso todos os nossos sonhos para este setor”, diz Thiago Henrique Donini, diretor executivo do Polo Cuesta. “Queremos nos estruturar, unir e organizar como progredir, olhar os futuros possíveis e construí-los, beneficiando a nossa região. Especialmente a economia local que o

Caixa libera imóveis pela internet até 20 de dezembro; veja como comprar

Caixa libera imóveis pela internet até 20 de dezembro; veja como comprar


A Caixa Econômica Federal está oferecendo uma ótima oportunidade para os cidadãos que desejam adquirir sua casa própria ou estabelecimento comercial. Milhares de construções, entre casas, apartamentos e salas comerciais que pertencem a instituição estão sendo ofertados com descontos exclusivos. As vendas ocorrerão até dia 20 de dezembro por meio de financiamentos pelo site oficial do banco.

Importante destacar que todos os imóveis estão isentos de despesas atrasadas, como IPTU, condomínio, entre outras dívidas. As possíveis contas são quitadas pela própria Caixa no momento da aquisição pelo cliente. Vale ressaltar que os imóveis foram retomados pelo banco e são vendidos nas condições em que se encontram.

“Nós temos uma novidade que é o financiamento de até 100% do imóvel, isso é muito importante. Como são imóveis que estão na Caixa Econômica Federal, as pessoas podem ter até 100%, ou seja, a grande dificuldade que era aquela entrada, neste caso nós conseguimos resolver. Nós já vendemos mais de 10 mil casas e apartamentos deste modo neste ano e ajuda porque dá mais visibilidade e funciona para o Brasil inteiro, ” ressaltou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Como participar da oferta


O cidadão interessado em adquirir um imóvel da Caixa deve acessar a plataforma da instituição e escolher o prédio desejado. Desta forma, é preciso apresentar uma proposta a partir do valor mínimo de venda registrado na página do imóvel selecionado.

A sugestão de maior valor no instante em que o cronômetro chegar a zero é considerada vencedora. O cliente é notificado do resultado logo após, via e-mail.

Sobre o financiamento


Para a compra o imóvel por meio do financiamento, o interessado será direcionado a um corretor credenciado. A contratação, por sua vez, será através de um Correspondente Caixa Aqui. Para isto, basta preencher a opção no momento da proposta. Vale ressaltar que a comissão do corretor será paga pelo banco.

As unidades de construções podem ser financiadas com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) em até 100% do valor da proposta e com prazo de até 35 anos para quitar a dívida. Além disso, o interessado pode optar entre quatro linhas de financiamento imobiliário pelo SBPE, sendo elas: TR, IPCA, Poupança Caixa e Taxa Fixa.

Programa Casa Verde e Amarela


Também é possível realizar o financiamento do imóvel com o FGTS pelo Programa Casa Verde e Amarela, do Governo Federal. Todavia, é necessário que o cidadão se enquadre nos requisitos e aceite as condições a seguir:

Renda bruta familiar de até R$ 7 mil;


Financiamento de imóvel com valor de compra e venda de até R$ 264 mil;
Aplicação de taxas nominais que variam entre 4,25% a 7,66% ao ano;
Inclusão de tarifa de 1,5% sobre o valor de financiamento; e
Possibilidade de financiamento a partir de 16 de novembro de 2021, sendo de até 100% do valor de compra e venda, limitado a 90% do valor de avaliação.

Comentários