Polo Cuesta inicia construção de Planejamento Estratégico para o Turismo Regional

O Consórcio Polo Cuesta, em parceria com o Instituto Jatobás, deu início à construção de um Planejamento Estratégico para o turismo. Este documento irá auxiliar os municípios da região a compreender, estruturar e integrar ações para este setor nos próximos anos. O primeiro encontro foi realizado no último dia 25 de novembro, na Fazenda dos Bambus, em Pardinho, e contou com a presença de dirigentes municipais de turismo da região, que agrega nove cidades: Anhembi, Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Paranapanema, Pratânia, Pardinho e São Manuel. “Trata-se de uma iniciativa inédita para o consórcio, que em 2021 está completando 20 anos. Estamos em um momento de transformação. Precisamos planejar para executar com sucesso todos os nossos sonhos para este setor”, diz Thiago Henrique Donini, diretor executivo do Polo Cuesta. “Queremos nos estruturar, unir e organizar como progredir, olhar os futuros possíveis e construí-los, beneficiando a nossa região. Especialmente a economia local que o

Projeto prevê multa de até 3 mil a quem cometer maus-tratos a animais

Projeto prevê multa de até 3 mil a quem cometer maus-tratos a animais


O Executivo protocolou na Câmara dos Vereadores de Botucatu um projeto de lei que prevê multas para infrações contra animais, classificadas como moderadas, graves e gravíssimas, nos valores de R$500,00, R$1.000,00 e R$3.000,00 por animal doméstico.

O projeto institui políticas de bem-estar de animais domésticos, controle populacional de cães e gatos, estímulo à posse responsável e incentivo a adoção e proteção de animais domésticos.

Entre os destaques do projeto, estão a garantia dos direitos dos animais domésticos, prevenção e redução das causas de sofrimento, preservação do bem-estar da população humana, e preservação da vida e saúde das populações de animais bem como seu controle populacional. 

Também é objetivo do projeto prevenir, reduzir e eliminar a morbidade e a mortalidade, bem como os sofrimentos causados pelas zoonoses.

“É fundamental a participação do poder público municipal no oferecimento de condições de bem estar aos animais, e na punição de infratores. Em breve teremos também o nosso canil totalmente revitalizado, oferecendo melhores condições para o atendimento dos animais e também para o desempenho profissional dos veterinários”, afirmou o Prefeito Mário Pardini.

A Câmara Municipal votará o PL em momento oportuno e assim que aprovado o mesmo retorna ao Executivo para sanção do Prefeito.

Comentários