Polo Cuesta inicia construção de Planejamento Estratégico para o Turismo Regional

O Consórcio Polo Cuesta, em parceria com o Instituto Jatobás, deu início à construção de um Planejamento Estratégico para o turismo. Este documento irá auxiliar os municípios da região a compreender, estruturar e integrar ações para este setor nos próximos anos. O primeiro encontro foi realizado no último dia 25 de novembro, na Fazenda dos Bambus, em Pardinho, e contou com a presença de dirigentes municipais de turismo da região, que agrega nove cidades: Anhembi, Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Paranapanema, Pratânia, Pardinho e São Manuel. “Trata-se de uma iniciativa inédita para o consórcio, que em 2021 está completando 20 anos. Estamos em um momento de transformação. Precisamos planejar para executar com sucesso todos os nossos sonhos para este setor”, diz Thiago Henrique Donini, diretor executivo do Polo Cuesta. “Queremos nos estruturar, unir e organizar como progredir, olhar os futuros possíveis e construí-los, beneficiando a nossa região. Especialmente a economia local que o

Laranjal Paulista deve inaugurar revitalização do chafariz do Largo São João até dezembro

Laranjal Paulista deve inaugurar revitalização do chafariz do Largo São João até dezembro


A cidade de Laranjal Paulista promete inaugurar a revitalização do chafariz do Largo São João, a requalificação de praça pública e construção do Parque Pedro Zanella, totalizando investimento na ordem e R$ 388 mil, ainda este ano.

A informação foi divulgada pela Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), que repassou até setembro R$ 108 milhões para obras e melhoria de infraestrutura em estâncias e municípios de interesse turístico do estado. 

Entretanto, não é apenas Laranjal Paulista que está comprometida com o estado, pelo menos 16 cidades preparam inaugurações até dezembro.

Segundo o Governo de Estado, Campinas foi a região com maior número de cidades contempladas com os repasses: 28 municípios, sendo que três têm previsão de entrega das obras para os próximos meses. Em Brotas, será entregue a requalificação do Parque dos Saltos e o Centro de Arte e Artesanato, no valor de R$ 1 milhão, e em Socorro, a revitalização do Caminho Turístico do Rio do Peixe, também de R$ 1 milhão.

Águas de Lindóia entregará a reforma do balneário municipal, recuperação de áreas de Balneoterapia, reforma e revitalização do Calçadão na Rua São Paulo, restruturação de áreas turísticas e construção de praça, playgrounds, pavimentação e recapeamento de vias turísticas, no valor de R$ 5 milhões no total.

Baixada Santista recebeu o maior valor, foram R$ 33 milhões nos nove primeiros meses do ano. Em Mongaguá será entregue a valorização turística da Orla da Praia, no trecho Praça Dudu Samba.

Na região de Franca, Batatais tem previsão de duas entregas: o Parque Linear ao longo do Córrego das Araras e a revitalização da Avenida 14 de Março, uma das principais da cidade, que consumiram R$ 4 milhões; em Nuporanga a entrega da reforma e adequação no Estádio Municipal “José Martins de Barros Júnior”, na quantia de R$ 1 milhão.

Em São José do Rio Preto, Riolândia entregará a revitalização da praia municipal e valorização turística, no valor de R$ 856 mil, e Mira Estrela, às margens do Rio Grande, a melhoria nas instalações elétricas da Praia Fluvial, R$ 140 mil.

Avaré deverá inaugurar a revitalização do Camping Municipal, que consumiu R$ 1 milhão.

Em São Luiz do Paraitinga, região de São José dos Campos, será entregue a reurbanização do Alto do Cruzeiro, no valor de R$ 1 milhão.

Em Timburi, por R$ 395 mil, a revitalização de passeios públicos em praças e vias de acesso, e em Garça os sanitários no Parque Público do Lago Artificial Prof. J. K. Williams, por R$ 175 mil – ambas na região de Marília.

Fechando a lista, em Apiaí acontecerá a entrega da Praça do Rastro da Serpente e a loja de artesanato municipal, na quantia de R$ 166 mil, e em São Simão, região de Ribeirão Preto, a revitalização da Praça da República, por R$ 786 mil
.

Comentários