Polo Cuesta inicia construção de Planejamento Estratégico para o Turismo Regional

O Consórcio Polo Cuesta, em parceria com o Instituto Jatobás, deu início à construção de um Planejamento Estratégico para o turismo. Este documento irá auxiliar os municípios da região a compreender, estruturar e integrar ações para este setor nos próximos anos. O primeiro encontro foi realizado no último dia 25 de novembro, na Fazenda dos Bambus, em Pardinho, e contou com a presença de dirigentes municipais de turismo da região, que agrega nove cidades: Anhembi, Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Paranapanema, Pratânia, Pardinho e São Manuel. “Trata-se de uma iniciativa inédita para o consórcio, que em 2021 está completando 20 anos. Estamos em um momento de transformação. Precisamos planejar para executar com sucesso todos os nossos sonhos para este setor”, diz Thiago Henrique Donini, diretor executivo do Polo Cuesta. “Queremos nos estruturar, unir e organizar como progredir, olhar os futuros possíveis e construí-los, beneficiando a nossa região. Especialmente a economia local que o

Árbitro de futebol faz BO contra jogadores em Piracicaba

Árbitro de futebol faz BO contra jogadores em Piracicaba


Um árbitro da Liga Piracicabana de Futebol sofreu ameaças de calúnia em campo e decidiu registrar um boletim de ocorrência contra dois jogadores. O caso inusitado ocorreu na segunda-feira (25), durante jogo do Campeonato de veteranos da Liga Piracicabana.

Segundo o B.O o árbitro apitava um jogo de futebol e a discussão começou quando ele expulsou um dos jogadores, que já estava pendurado com um cartão amarelo. 

Após erguer o cartão vermelho, um dos jogadores gritou que o árbitro era “estuprador” e “pedófilo”, que tinha o hábito de bulinar mulheres, portanto deveria morrer. Aproveitando o momento, um segundo jogador disse que o juiz de futebol não sairia vivo do campo, pois iria matá-lo.

O árbitro registrou o caso na súmula do jogo e foi orientado pela Liga de Veteranos a registrar o Boletim de Ocorrência.

O caso deu entrada na Polícia Civil de Piracicaba às 17h29, como crime de ameaça e calúnia, seguindo os artigos 147 e 138 do Código Penal e também como crime de vias de fato, incurso no artigo 21 da Lei das Contravenções Penais.

Comentários