Começa o recapeamento da Rodovia Alcides Soares

Começou na última quarta-feira, 19, a tão esperada obra de recapeamento asfáltico da Rodovia Alcides Soares, que liga Botucatu ao distrito de Vitoriana. O recapeamento terá ao todo 12 quilômetros de extensão, desde a região do Residencial Cachoeirinha, até a chegada a Vitoriana. A obra terá supervisão do Departamento de Estradas e Rodagem, do Governo Estadual e também da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura. Os trabalhos estão sendo executados pelo Grupo Sanson, vencedor do processo licitatório. “Estive na obra, junto ao Secretário de Infraestrutura Rodrigo Taborda para acompanharmos o início dos trabalhos. É uma obra esperada há muito tempo pela nossa população e por isso faremos questão de acompanhar cada metro de asfalto novo para garantir que tudo seja executado da melhor maneira”, afirmou o Prefeito Mário Pardini. A expectativa é de que a obra dure 6 meses. O trânsito no local durante esse período funcionará, em alguns trechos, em esquema de “pare e sig

Preso em Piracicaba mais um suspeito de envolvimento nos ataques em Araçatuba

Preso em Piracicaba mais um suspeito de envolvimento nos ataques em Araçatuba


A Polícia Militar prendeu mais um suspeito de envolvimento nos ataques contra instituições financeiras em Araçatuba, além disso o criminoso também foi enquadrado por tráfico de drogas. O homem foi detido na quarta-feira (08), em Piracicaba.

No local, os policiais se depararam com um suspeito entrando na residência. Foi realizada abordagem e durante revista pessoal encontrados R$ 120 e um celular. Ele informou que dentro do imóvel, onde admitiu armazenar drogas, estaria seu pai.

Durante a vistoria na área indicada pelo rapaz, foi encontrada uma mochila com 12 porções de maconha, além de um celular. Foi requisitado apoio da Polícia Federal e, de forma integrada, as equipes ainda localizaram um revólver .38


Além da arma, ainda foram recolhidas 92 munições intactas de calibres .635 e .38 e outras sete deflagradas, vários coldres, um notebook, uma algema, celulares e um veículo. Os materiais foram encaminhados à Polícia Federal, que prossegue com as investigações.

Os trabalhos foram realizados por militares do 10º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) que foram até a casa do acusado, no Jardim Gilda II, para cumprimento a mandado de prisão temporária relacionado ao crime.

O procurado foi capturado e o outro suspeito preso em flagrante por tráfico de drogas. Ambos permaneceram presos à disposição do Poder Judiciário. Outros seis suspeitos de envolvimento nos crimes já haviam sido detidos pelas polícias paulistas.


Comentários