Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Homem agride ex-mulher na frente de seus filhos menores

Homem agride ex-mulher na frente de seus filhos menores


Um agressor de 20 anos invadiu o apartamento da ex-companheira, desferiu tapas contra a mulher na frente de seus filhos e acabou preso pela Guarda Civil Municipal (GCM), na noite de 7 de setembro.

Segundo o relatório da GCM, a equipe do GAPE (Grupo de Ações Preventivas Especiais), foi acionado através do telefone 199, para atender um caso de descumprimento de medida protetiva, dando conta de que, no Bairro Jardim Ciranda, um indivíduo de 20 anos, invadiu o apartamento da ex-amásia, onde ela reside com dois filhos, menores de 18 anos.

Chegando ao local a vítima apresentou a medida protetiva aos agentes e revelou ter sofrido agressão por parte do rapaz, explicando que ele havia desferido tapas em sua cabeça e na perna.

O agressor ainda estava no apartamento e afirmou que realmente havia discutido e empurrado a mulher. Revelando também ter conhecimento da medida protetiva. Nesse momento o agressor recebeu voz de prisão pelo descumprimento da ordem judicial. 

A ocorrência foi apresentada junto ao plantão policial onde foi determinada a sua prisão, deixando-o a disposição da justiça.

Comentários