Exposição “Birds na Pina - Aves de Botucatu” já está aberta para visitação

A exposição de fotografias “Birds na Pina” já está aberta ao público. Os visitantes poderão contemplar imagens de cerca de 70 espécies de aves que vivem em Botucatu, registradas por diversos fotógrafos. Promovida pela Secretaria Adjunta de Turismo, a exposição oferece aos seus visitantes experiências interessantes, como uma mostra de comedouros caseiros, vídeos sobre o tema e cantos de aves disponíveis no espaço audiovisual, jogo da memória exclusivo, painéis sobre os biomas locais e tótens de pássaros gigantes. Quem passar por lá também poderá vivenciar a experiência de entrar em uma gaiola humana, e participar de oficinas, passarinhadas, rodas de conversa, visitas guiadas, contações de histórias e encontros com os fotógrafos e outros convidados. No próximo sábado, dia 30, às 11h30, no espaço da exposição, será feito o lançamento do “Guia de aves da Demétria 2”, de Gersony Jovchelevich, que apresenta 76 novas espécies locais, todas ilustradas com fotos e breves informações para facil

Empresários da região do Polo Cuesta podem se inscrever para Encontro de Networking do turismo

Empresários da região do Polo Cuesta podem se inscrever para Encontro de Networking do turismo


Empresas ligadas ao turismo da região já podem se inscrever gratuitamente para participar no próximo dia 26 de outubro, na Pinacoteca Fórum das Artes, em Botucatu, do Encontro de Networking do Programa de Desenvolvimento do Turismo Regional, promovido pelo Sebrae-SP, Instituto Jatobás e consórcio turístico do Polo Cuesta.

Para participar, basta o interessado preencher um formulário de inscrição on-line, com nome e principais informações de sua atividade. O link para o formulário pode ser encontrado no site do Polo Cuesta [polocuesta.com.br] ou nas redes sociais do consórcio.

O encontro, que será presencial, terá a finalidade de gerar oportunidades de negócios entre as empresas do trade de turismo da região do Pólo Cuesta., que reúne nove cidades: Anhembi, Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Paranapanema, Pardinho, Pratânia e São Manuel.

Podem participar Microempreendedores Individuais (MEIs), Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) nos seguintes segmentos: agências e operadoras de viagem; meios de hospedagem; transportadoras turísticas; empresas de eventos; atrativos turísticos; artesãos; propriedades rurais com potencial turístico; guias de turismo; serviços de alimentação e cervejaria artesanal.

Desde julho, o programa tem promovido capacitações para que os empresários possam implementar novos processos; melhorar qualidade dos produtos e serviços; reduzir os custos; aumentar o faturamento e produtividade do seu negócio. Além disso, os participantes têm recebido consultorias individuais.


Comentários