Começa o recapeamento da Rodovia Alcides Soares

Começou na última quarta-feira, 19, a tão esperada obra de recapeamento asfáltico da Rodovia Alcides Soares, que liga Botucatu ao distrito de Vitoriana. O recapeamento terá ao todo 12 quilômetros de extensão, desde a região do Residencial Cachoeirinha, até a chegada a Vitoriana. A obra terá supervisão do Departamento de Estradas e Rodagem, do Governo Estadual e também da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura. Os trabalhos estão sendo executados pelo Grupo Sanson, vencedor do processo licitatório. “Estive na obra, junto ao Secretário de Infraestrutura Rodrigo Taborda para acompanharmos o início dos trabalhos. É uma obra esperada há muito tempo pela nossa população e por isso faremos questão de acompanhar cada metro de asfalto novo para garantir que tudo seja executado da melhor maneira”, afirmou o Prefeito Mário Pardini. A expectativa é de que a obra dure 6 meses. O trânsito no local durante esse período funcionará, em alguns trechos, em esquema de “pare e sig

Deic desmantela esquema gigante de produção distribuição de drogas em Cerquilho

Deic desmantela esquema gigante de de produção distribuição de drogas em Cerquilho


A Polícia Civil desmantelou, uma superestrutura de produção e destruição de entorpecentes em um galpão de Cerquilho. No local, foram apreendidas quatro armas e aproximadamente 3 toneladas de drogas, na quinta-feira (2).

As investigações começaram a partir de duas prisões realizadas em Boituva. Os levantamentos permitiram descobrir que a dupla operava um esquema de grande importância na organização criminosa, utilizando como entreposto um galpão no Jardim Esplanada, em Cerquilho.

As equipes foram então até o imóvel alvo, localizado na rua Demércio Bellucci, e perceberam que o local estava fechado e desocupado, mas pela fresta do portão perceberem que no interior havia dois caminhões e diversos tambores de plástico, os quais são usados comumente para armazenamento de drogas.


Os policiais então entraram no local e, durante vistoria, encontraram milhares de porções e centenas de tijolos de maconha, pinos e sacos com cocaína e outros produtos químicos, os quais seriam insumos para o preparo do material entorpecente a ser comercializado. As substâncias somaram 2.929,4 quilos.

Ainda foram localizadas uma máquina embaladora e quatro armas de fogo - três pistolas e uma submetralhadora – uma delas com registro de furto. Os materiais encontrados no local e os veículos foram apreendidos e encaminhados para perícia. A Polícia Civil prossegue com as investigações.

Os trabalhos foram realizados por agentes da 4ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas (Divecar), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que iniciaram as apurações no início de agosto.

Comentários