Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Dise de Mogi Guaçu prende homem após localizar plantação de maconha em chácara

Dise de Mogi Guaçu prende homem após localizar plantação de maconha em chácara


A Polícia Civil prendeu um homem, de 23 anos, que mantinha uma plantação de maconha em uma chácara alugada, em Mogi Guaçu, na região de Campinas. Na ação, ocorrida na última sexta-feira (20), mais de 30 quilos da droga foram apreendidos.

Os trabalhos foram desempenhados pela Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) da cidade, com apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) do município.

Durante apurações, os agentes descobriram que havia uma estufa para cultivação de maconha de alta qualidade em um imóvel e conseguiram um mandado de busca e apreensão junto à Justiça.

Munidos da ordem judicial, os policiais civis foram ao local, no Jardim Zaniboni, e encontraram a plantação da droga em dois cômodos, contando com um sistema de irrigação sofisticado.

Ao todo, foram localizados, na chácara, 139 arbustos e 100 mudas de cannabis sativa, que foram devidamente apreendidos para perícia e somaram 36,5 quilos. Três sacos contendo folhas secas da droga também foram encontrados e recolhidos.

Em continuidade aos trabalhos de campo, os agentes descobriram que o imóvel era alugado e conseguiram localizar o locatário. Questionado, o homem confessou ser o responsável pela plantação de maconha e foi preso em flagrante.

O autor foi encaminhado à Dise local, onde foi indiciado por tráfico de drogas e permaneceu detido à disposição da Justiça.





Comentários