Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Cangaço moderno ataca Araçatuba, assalta banco e faz moradores de reféns

Cangaço moderno ataca Araçatuba, assalta banco e faz moradores de reféns


Criminosos fortemente armados, conhecidos como Cangaço Moderno,  atacaram a agência bancária do Banco do Brasil do Centro de Araçatuba (SP), e fizeram moradores da cidade reféns, na madrugada de segunda-feira (30). 

Para cometer o crime, os criminosos cercaram bases e viaturas policiais e além disso, para tentar fugir prenderam moradores da cidade no capô de alguns veículos, e também utilizaram cidadãos da cidade como barreira humana para evitarem serem acertados por disparos das forças de segurança. Até o momento foi divulgada a morte de apenas uma pessoa, sem maiores detalhes.

O sistema sofisticado do cangaço moderno utilizou drones de última geração, para monitorar as ações e o posicionamento das equipes de policiais que tentavam conter a onda de violência que levou pânico aos moradores da cidade.

Após a ação dos criminosos, os moradores relataram que encontraram nas ruas da cidade vários explosivos e munições, uma série de estabelecimentos comerciais do centro da cidade foram danificados.

Durante a ocorrência a Polícia Militar da cidade receberam o auxílio do o Baep de São José do Rio Preto (SP), e orientam que os moradores de Araçatuba permaneçam em suas residências até que a situação seja plenamente controlada, justificando a orientação lembrando que ainda existem explosivos espalhados pela cidade, que podem ser acionados por calor ou movimento.

Violência e ação são semelhantes ao ataque de Botucatu


A violência da ação desse ataque é bastante semelhante ao ocorrido em Botucatu, em julho do ano passado, onde uma quadrilha formada por aproximadamente 40 criminosos, armados e com coletes à prova de balas, invadiram uma agência bancária do Banco do Brasil.

Comentários