Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

Corpo de Bombeiros se mobiliza para aumentar o estoque de sangue em hemocentros do Estado

Corpo de Bombeiros se mobiliza para aumentar o estoque de sangue em hemocentros do Estado


O mês de agosto, assim como julho, é conhecido por ser um período em que os estoques de sangue em hemocentros ficam abaixo da média. Para suprir essa necessidade, o Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, realiza mais uma edição da campanha “Bombeiro Sangue Bom”, em conjunto com a Fundação Pró-Sangue.

A iniciativa, que é realizada desde 2005, tem o objetivo de incentivar a doação de sangue por parte da população como forma de ajuda humanitária e exercício do altruísmo, dando como o exemplo os bombeiros por meio de uma grande mobilização dos militares para contribuir com os bancos de sangue de todo o território paulista.

A campanha, que acontece até o dia 31 deste mês, tem como lema, neste ano, “salvar está no nosso sangue”, em alusão às atividades de salvamento do Corpo de Bombeiros. Nas redes sociais, por sua vez, a iniciativa está sendo amplamente divulgada usando a hashtag: “#sanguebom2021”.

Há que destacar que a ação ocorre com as devidas cautelas do calendário de vacinação, respeitando o intervalo devido para aqueles que tomaram a vacina contra a Covid-19.



Comentários