Começa o recapeamento da Rodovia Alcides Soares

Começou na última quarta-feira, 19, a tão esperada obra de recapeamento asfáltico da Rodovia Alcides Soares, que liga Botucatu ao distrito de Vitoriana. O recapeamento terá ao todo 12 quilômetros de extensão, desde a região do Residencial Cachoeirinha, até a chegada a Vitoriana. A obra terá supervisão do Departamento de Estradas e Rodagem, do Governo Estadual e também da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura. Os trabalhos estão sendo executados pelo Grupo Sanson, vencedor do processo licitatório. “Estive na obra, junto ao Secretário de Infraestrutura Rodrigo Taborda para acompanharmos o início dos trabalhos. É uma obra esperada há muito tempo pela nossa população e por isso faremos questão de acompanhar cada metro de asfalto novo para garantir que tudo seja executado da melhor maneira”, afirmou o Prefeito Mário Pardini. A expectativa é de que a obra dure 6 meses. O trânsito no local durante esse período funcionará, em alguns trechos, em esquema de “pare e sig

18 galos que sofriam maus-tratos e eram submetidos a rinhas são resgatados em Avaré

18 galos que sofriam maus-tratos e eram submetidos a rinhas são resgatados em Avaré


A Polícia Civil resgatou 18 galos que sofriam maus-tratos e eram submetidos a rinhas, na Vila Martins III, em Avaré, no interior do Estado. O responsável pelos animais e delito, de 39 anos, foi autuado. A ação ocorreu na última quinta-feira (26).

Os trabalhos foram desempenhados por uma equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) do município durante averiguação sobre a prática de rinha, com transmissão via internet.

No local dos fatos, os agentes encontraram os galos presos em gaiolas individuais, sendo que boa parte apresentava machucados.

O responsável pelos animais não estava no imóvel e, de acordo com informações, residia em outro local. Na casa do suspeito, ele também não foi localizado, contudo foram encontrados materiais utilizados nas rinhas, como uma “arena” portátil, uma máquina de cartão, apetrechos, além de seringas e diversos frascos de medicamentos, aparentemente anabolizantes.

A Polícia Técnico-Científica foi acionada e esteve no local. Posteriormente, o investigado foi localizado e encaminhado ao Plantão Policial, onde prestou esclarecimentos e foi autuado pelo crime ambiental de praticar ato de abuso a animais.

Os galos foram depositados provisoriamente para um criador da cidade até que o destino deles seja definido pelo órgão competente. A Polícia Militar Ambiental também foi comunicada.

Comentários