Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

18 galos que sofriam maus-tratos e eram submetidos a rinhas são resgatados em Avaré

18 galos que sofriam maus-tratos e eram submetidos a rinhas são resgatados em Avaré


A Polícia Civil resgatou 18 galos que sofriam maus-tratos e eram submetidos a rinhas, na Vila Martins III, em Avaré, no interior do Estado. O responsável pelos animais e delito, de 39 anos, foi autuado. A ação ocorreu na última quinta-feira (26).

Os trabalhos foram desempenhados por uma equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) do município durante averiguação sobre a prática de rinha, com transmissão via internet.

No local dos fatos, os agentes encontraram os galos presos em gaiolas individuais, sendo que boa parte apresentava machucados.

O responsável pelos animais não estava no imóvel e, de acordo com informações, residia em outro local. Na casa do suspeito, ele também não foi localizado, contudo foram encontrados materiais utilizados nas rinhas, como uma “arena” portátil, uma máquina de cartão, apetrechos, além de seringas e diversos frascos de medicamentos, aparentemente anabolizantes.

A Polícia Técnico-Científica foi acionada e esteve no local. Posteriormente, o investigado foi localizado e encaminhado ao Plantão Policial, onde prestou esclarecimentos e foi autuado pelo crime ambiental de praticar ato de abuso a animais.

Os galos foram depositados provisoriamente para um criador da cidade até que o destino deles seja definido pelo órgão competente. A Polícia Militar Ambiental também foi comunicada.

Comentários