Começa o recapeamento da Rodovia Alcides Soares

Começou na última quarta-feira, 19, a tão esperada obra de recapeamento asfáltico da Rodovia Alcides Soares, que liga Botucatu ao distrito de Vitoriana. O recapeamento terá ao todo 12 quilômetros de extensão, desde a região do Residencial Cachoeirinha, até a chegada a Vitoriana. A obra terá supervisão do Departamento de Estradas e Rodagem, do Governo Estadual e também da Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura. Os trabalhos estão sendo executados pelo Grupo Sanson, vencedor do processo licitatório. “Estive na obra, junto ao Secretário de Infraestrutura Rodrigo Taborda para acompanharmos o início dos trabalhos. É uma obra esperada há muito tempo pela nossa população e por isso faremos questão de acompanhar cada metro de asfalto novo para garantir que tudo seja executado da melhor maneira”, afirmou o Prefeito Mário Pardini. A expectativa é de que a obra dure 6 meses. O trânsito no local durante esse período funcionará, em alguns trechos, em esquema de “pare e sig

Ladrão engana farmacêutico e usa garrafa como se fosse arma em assalto

Ladrão engana farmacêutico e usa garrafa como se fosse arma em assalto


Por volta da meia noite de segunda-feira (27) a Polícia Militar prendeu um indivíduo que havia acabado de roubar uma farmácia, enganando o empresário fingindo estar armado quando na realidade estava portando apenas uma garrafa de cerveja.

O crime ocorreu em uma farmácia na Avenida Dom Lúcio, e a prisão do suspeito foi no cruzamento da Rua Costa Leite com a Campos Sales. Segundo o relatório policial a viatura suspeitou de um indivíduo que andava a passos acelerados, e no momento em que manobrava a viatura para abordar o apressadinho, o dono da farmácia abordou a equipe para relatar o roubo ao estabelecimento.

A abordagem foi exatamente na esquina e os policiais realizaram a abordagem, sendo necessário que o ladrão tirasse parte da roupa que estava vestido. Os policiais encontraram com o bandido R$ 278 em notas trocadas, uma garrafa de cerveja na cor verde e um boné azul e branco.

Vendo que não tinha por onde fugir, o indivíduo confessou o roubo e explicou que usou a garrafa de vidro verde, para simular que estava armado no momento do roubo. O gerente da farmácia reconheceu o autor do roubo.

Em seguida os policiais deram voz de prisão ao marginal e apresentou o mesmo ao Plantão de Polícia Civil, juntamente com o dinheiro proveniente do roubo e a vítima.

O delegado plantonista elaborou o Boletim de Ocorrência, e ratificou a voz de prisão. Agora o ladrão está preso e permanece à disposição da justiça.

Comentários