Traficantes são presos no Santa Elisa no portão da boca de fumo

Uma dupla de traficantes foi presa na noite de ontem, no portão da boca de fumo do Santa Elisa, com maconha, crack, cocaína e dinheiro. A captura dos marginais foi feita por Policiais da Força Tática da Polícia Militar, que avistaram os dois suspeitos ao longe e perceberam que um deles ao avistar a viatura correu para o fundo do imóvel. Enquanto um dos policiais abordava um dos indivíduos no portão, o outro agente da lei conseguiu identificar que o segundo suspeito jogou uma sacola no próprio quintal. Ao verificar o que havia na sacola, os policiais não ficaram surpresos ao constatar que trata-se de 66 porções de crack prontas para a venda. Na busca pessoal os agentes encontraram com um dos traficantes mais 5 porções de crack, 3 porções de maconha, uma porção de cocaína, além de R$ 222 em dinheiro.  A dupla recebeu voz de prisão e foram conduzidos ao Plantão Policial onde foi confeccionado um Boletim de Ocorrência (B.O)  como tráfico de drogas. A dupla agora está presa à disposição

Estuprador de menor se dá mal e é capturado pela GCM de Botucatu

Estuprador de menor se dá mal e é capturado pela GCM  de Botucatu


Um estuprador de menor se deu mal e foi capturado pela GCM  (Guarda Civil Municipal) de Botucatu, na tarde de ontem (15). O criminoso de 21 anos vinha sendo procurado pela justiça, e foi encontrado pela viatura na região do Jardim Ciranda, nas proximidades do Residencial Cachoeirinha 2.

A captura aconteceu durante patrulhamento preventivo  pela região, até que os patrulheiros se depararam com o acusado que ao avistar a viatura demonstrou extremo nervosismo tentando, inclusive, fugir.

Porém não conseguiu, foi abordado. Entretanto, durante a revista pessoal os agentes não encontraram nada de ilegal em seu poder. Mas, o indivíduo surpreendeu os agentes ao confessar que tinha um mandado de prisão em seu nome pelo crime de estupro de vulnerável.

A confissão poupou os agentes a fazer uma busca junto ao sistema de informações das forças de segurança (Infoseg). Imediatamente, o rapaz foi encaminhado até a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), onde foi elaborado o Boletim de Ocorrência (B.O) como captura de procurado. Agora o elemento está à disposição da justiça.

O jovem cometeu o crime previsto pelo artigo 217 caput, cuja pena prevista é  nove anos e 04 quatro meses de prisão, no regime fechado.

Comentários