Exposição “Birds na Pina - Aves de Botucatu” já está aberta para visitação

A exposição de fotografias “Birds na Pina” já está aberta ao público. Os visitantes poderão contemplar imagens de cerca de 70 espécies de aves que vivem em Botucatu, registradas por diversos fotógrafos. Promovida pela Secretaria Adjunta de Turismo, a exposição oferece aos seus visitantes experiências interessantes, como uma mostra de comedouros caseiros, vídeos sobre o tema e cantos de aves disponíveis no espaço audiovisual, jogo da memória exclusivo, painéis sobre os biomas locais e tótens de pássaros gigantes. Quem passar por lá também poderá vivenciar a experiência de entrar em uma gaiola humana, e participar de oficinas, passarinhadas, rodas de conversa, visitas guiadas, contações de histórias e encontros com os fotógrafos e outros convidados. No próximo sábado, dia 30, às 11h30, no espaço da exposição, será feito o lançamento do “Guia de aves da Demétria 2”, de Gersony Jovchelevich, que apresenta 76 novas espécies locais, todas ilustradas com fotos e breves informações para facil

Estuprador de menor se dá mal e é capturado pela GCM de Botucatu

Estuprador de menor se dá mal e é capturado pela GCM  de Botucatu


Um estuprador de menor se deu mal e foi capturado pela GCM  (Guarda Civil Municipal) de Botucatu, na tarde de ontem (15). O criminoso de 21 anos vinha sendo procurado pela justiça, e foi encontrado pela viatura na região do Jardim Ciranda, nas proximidades do Residencial Cachoeirinha 2.

A captura aconteceu durante patrulhamento preventivo  pela região, até que os patrulheiros se depararam com o acusado que ao avistar a viatura demonstrou extremo nervosismo tentando, inclusive, fugir.

Porém não conseguiu, foi abordado. Entretanto, durante a revista pessoal os agentes não encontraram nada de ilegal em seu poder. Mas, o indivíduo surpreendeu os agentes ao confessar que tinha um mandado de prisão em seu nome pelo crime de estupro de vulnerável.

A confissão poupou os agentes a fazer uma busca junto ao sistema de informações das forças de segurança (Infoseg). Imediatamente, o rapaz foi encaminhado até a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), onde foi elaborado o Boletim de Ocorrência (B.O) como captura de procurado. Agora o elemento está à disposição da justiça.

O jovem cometeu o crime previsto pelo artigo 217 caput, cuja pena prevista é  nove anos e 04 quatro meses de prisão, no regime fechado.

Comentários