Pinacoteca recebe exposição “Em Volta do Tempo”, de Renata Egreja, em outubro

As telas da artista plástica paulista Renata Egreja serão a atração da programação da Pinacoteca “Fórum das Artes”, de Botucatu, a partir do dia 10 de outubro. A exposição “Em volta do tempo”, é resultado do Prêmio de Artes Visuais do ProAC LAB 2020, incentivado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e Ministério da Cultura do Governo Federal.  Na cidade de Botucatu ela recebe o apoio das secretarias de Cultura e Educação, em parceria com o Museu Botucatu. A mostra mescla trabalhos inéditos de Egreja, apresentando 5 telas grandes sobre tela e 10 aquarelas, além da instalação imersiva “Mesa Posta” (2021), que convida o espectador a mergulhar na obra e observá-la desta perspectiva, com cores e formas sugerindo sons e movimento, propondo um estado de encantamento. A exposição, que ocupará duas salas e o átrio da Pinacoteca, faz parte de um projeto que remete a experiência de retorno à terra natal. Lugar em que a artista cresceu e agora regressa com um olhar

Escondeu drogas em um travesseiro e foi viajar de ônibus

Escondeu drogas em um travesseiro e foi viajar de ônibus


A Polícia Militar Rodoviária prendeu uma mulher, de 25 anos, que transportava quatro tabletes de skunk em um travesseiro. O flagrante ocorreu na quarta-feira (28), em Assis.

Uma equipe do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) participava da operação “Paz e Proteção”, pela rodovia Raposo Tavares (SP-270), quando abordou um ônibus que saiu de Ponta Porã (MS) com destino a São Paulo.

Durante entrevistas com os passageiros, os militares desconfiaram de uma mulher e realizaram buscas em seus pertences. Dentro do travesseiro que ela transportava foram encontradas as drogas, que somaram mais de quatro quilos e foram apreendidas para perícia.  Um celular e R$ 1,4 mil em espécie também foram recolhidos.

A passageira foi presa em flagrante e levada ao plantão policial da cidade, onde contou que foi contratada para buscar os entorpecentes no Paraguai e levá-los até a região do Brás, na capital paulista.

O caso foi registrado como tráfico de drogas e a mulher permaneceu detida à disposição da Justiça.

#Assis #Skunk #PolíciaRodoviária #Tráfico

Comentários