Traficantes são presos no Santa Elisa no portão da boca de fumo

Uma dupla de traficantes foi presa na noite de ontem, no portão da boca de fumo do Santa Elisa, com maconha, crack, cocaína e dinheiro. A captura dos marginais foi feita por Policiais da Força Tática da Polícia Militar, que avistaram os dois suspeitos ao longe e perceberam que um deles ao avistar a viatura correu para o fundo do imóvel. Enquanto um dos policiais abordava um dos indivíduos no portão, o outro agente da lei conseguiu identificar que o segundo suspeito jogou uma sacola no próprio quintal. Ao verificar o que havia na sacola, os policiais não ficaram surpresos ao constatar que trata-se de 66 porções de crack prontas para a venda. Na busca pessoal os agentes encontraram com um dos traficantes mais 5 porções de crack, 3 porções de maconha, uma porção de cocaína, além de R$ 222 em dinheiro.  A dupla recebeu voz de prisão e foram conduzidos ao Plantão Policial onde foi confeccionado um Boletim de Ocorrência (B.O)  como tráfico de drogas. A dupla agora está presa à disposição

Corpo de auxiliar de limpeza é encontrado com as duas pernas quebradas sob viaduto em Tietê


Corpo de auxiliar de limpeza é encontrado com as duas pernas quebradas sob viaduto em Tietê


A auxiliar de limpeza Ivanilde Almeida de Andrade, 44 anos, foi encontrada morta, com as duas pernas quebradas e com escoriações, por volta das 11 horas, embaixo de um viaduto, na sexta-feira (9), em Tietê.

A Polícia Civil da  cidade está investigando o caso e esclarece que o corpo foi achado sob o viaduto da Rodovia Prefeito Antônio Romano Schincariol (SP-139), na altura do quilômetro 82, com ambas as pernas quebradas, apresentando ainda várias escoriações pelo corpo.

Dados da Polícia Militar, apontam que familiares da vítima a estavam procurando desde a tarde de quinta-feira (8), horas depois dela sair para ir até uma academia.

A polícia trabalha com a possibilidade de que a auxiliar provavelmente foi vítima de uma tentativa de assalto e acabou caindo do viaduto. 

Tese reforçada por provas, como o fato de que os óculos e outros pertences de Ivanilde, estavam próximos ao local, entretanto o tênis, que ela havia comprado recentemente, tinha desaparecido

De acordo com o laudo policial Ivanilde tinha as duas pernas quebradas, havia sinais de que havia batido a cabeça, além de escoriações nas mãos. 

A perícia foi acionada e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que aguarda os laudos oficiais para orientar as investigação, entretanto até o momento não foi divulgada nenhuma posição oficial do que pode ter acontecido.

A ocorrência foi registrada como encontro de cadáver.

Comentários