Polo Cuesta ampliará interesses em comum dos municípios

Consórcio Polo Cuesta, antes apenas dedicado ao Turismo, passará a ser multifinalitário e com foco ainda maior no desenvolvimento regional essa decisão foi tomada em assembleia realizada nesta sexta-feira (15), no auditório Cyro Pires da Prefeitura de Botucatu, quando membros aprovaram a mudança de finalidade do consórcio. Até então, o consórcio era unifinalitário, ou seja, atendia exclusivamente a um único interesse: no caso, o turístico. Com a mudança para consórcio multifinalitário, todos os municípios envolvidos poderão atuar juntos em diferentes áreas de interesse comum. “Acreditamos que essa mudança irá atender melhor aos interesses das cidades, ajudando as administrações municipais a tratarem de forma mais efetiva os desafios em comum de todos. Seja no meio ambiente, na saúde, na infraestrutura e outras áreas, nas quais serão criadas câmaras técnicas. Isso não quer dizer que o turismo será deixado de lado. Pelo contrário. Pensar o desenvolvimento regional fortalecerá ainda mais

Polícia apreende veículo dublê em Rubião Júnior

Polícia apreende veículo dublê em Rubião Júnior


Ontem por volta das 21h49 a equipe do Comando de Força Patrulha da Polícia Militar de Botucatu apreendeu um carro Nissan / Kicks vermelho, dublê, na Alameda do Eucaliptos, distrito de Rubião Júnior.

A apreensão ocorreu durante patrulhamento de fiscalização de trânsito quando suspeitaram do veículo e abordaram o condutor, na vistoria veicular os policiais constataram que o lacre da placa estava violado, com os últimos sete números do código de barras da placa dianteira iguais aos da placa traseira, estando então em desacordo com o padrão, já que os últimos número são únicos.

Além disso, a data que constava nas placas não conferia com os números de datas do código de barras. Ao consultar a placa os policiais não encontraram nenhuma irregularidade, porém ao verificar o número do chassi perceberam que o mesmo não conferia com o do chassi que consta no veículo, vidros e documentos.

Em nova consulta foi consultado que o carro foi roubado no último dia 2 de julho. Ao verificar o sistema de controle de radares, os policiais descobriram que o veículo passou pelos municípios de Guarulhos e Itu, em um curto espaço de tempo.

Quando foi questionado sobre a situação, o condutor disse que havia adquirido o carro por 72.900,00, através de um TED, ontem (16) em São Caetano.

A ocorrência foi encaminhada para a Plantão Policial, onde foi confirmado o veículo dublê e confeccionado o boletim de Ocorrência (BO), como estelionato, pois o condutor conseguiu comprovar que não tinha relação nenhuma com os crimes e que havia sido enganado.

Tanto o veículo quanto a documentação referente à compra foram recolhidos para perícia. A vítima de roubo, foi acionada via Copom para a devida regularização do veículo.

Comentários