Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

Ameaçou de morte a própria mãe e detruiu os móveis da casa

Ameaçou de morte a própria mãe e detruiu os imóveis da casa


Na tarde de ontem (07) a Guarda Civil Municipal (GCM) prendeu um rapaz de 24 anos que estava alterado, ameaçando a mãe de morte e destruindo todos os móveis que ela tinha em casa.

A ocorrência foi atendida pela GCM, durante patrulhamento comunitário na Vila Maria, após ser acionada através do telefone de emergência 199 e segundo consta o rapaz estava bastante alterado ameaçando matar a própria morte.

O indivíduo estava no interior da residência extremamente agressivo, e teve que ser contido pelos agentes de segurança. Logo em seguida o rapaz foi  conduzido à Delegacia da Defesa da Mulher (DDM).

Na delegacia a autoridade de policial ratificou a voz de prisão e elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de acordo com o Art° 140 Injúria, Art° 147° Ameaça e Art° 163 Dano, todos do Código Penal além de aplicar as penas da Lei Maria da Penha.

Conclusão, foi arbitrada fiança de R$ 3 mil  reais, que o jovem não teve como pagar, portanto o indivíduo permaneceu preso, e acabou sendo conduzido à cadeia pública de Itatinga, onde está à disposição da justiça.

Comentários