Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

Dupla assalta mercado em Pirambóia e foge em moto de Laranjal Paulista

Dupla assalta mercado em Pirambóia e foge em moto de Laranjal Paulista


Na tarde de ontem (14), por volta das 16h20, o Mercado Domingues, de Pirambóia, foi assaltado por um indivíduo encapuzado que levou aproximadamente R$ 700, do local, e que fugiu em uma moto com placas de Laranjal Paulista, na garupa de um comparsa.

O Mercado fica na rua Campos Salles, no distrito de Anhembi, sendo que o proprietário alertou à Polícia Militar que o assaltante além de estar encapuzado também estava armado, pois ele conseguiu ver um volume similar a uma arma de fogo na cintura do bandido.

O que os ladrões não contavam é que o estabelecimento tinha sistema de monitoramento e através das imagens foi possível ver que o assaltante fugiu na garupa de uma motocicleta Twister, preta com placas de Laranjal Paulista, pilotada por um comparsa.

Em consulta à central de dados da Polícia foi constatado que o veículo havia sido roubado de um morador de Maristela, distrito de Laranjal Paulista. De imediato a viatura seguiu para distrito para dar andamento à investigação porém não encontraram o dono da motocicleta roubada e nem a moto.

A Polícia segue investigando o caso.

Comentários