Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

Policial mata bandido e encontra duas pessoas no porta mala dos ladrões

Policial mata bandido e encontra duas pessoas no porta mala dos ladrões



Um policial militar de folga matou um assaltante que tentou render seu filho e se surpreendeu ao abrir o porta malas do carro dos ladrões e encontrar duas pessoas, vítimas de um assalto anterior.

O caso aconteceu na cidade de Jaú, no último dia 27, quinta-feira, na Vila XV de Novembro, quando uma dupla de criminosos tentou render o filho do policial que estava na garagem de sua casa com a namorada.

Após render o casal, os suspeitos tentaram entrar no imóvel do PM, mas foram surpreendidos pelo agente da lei que percebeu percebeu a ação dos ladrões e prontamente reagiu atingindo um dos assaltantes que morreu no local. O cúmplice fugiu, porém não ficou em liberdade por muito tempo, foi capturado na sexta-feira (28), nas primeiras horas da manhã após ação da Polícia Militar.

As duas pessoas que estavam no porta malas eram mãe e filho, que foram rendidos horas antes, também na residência familiar, casa essa que fica próxima à moradia do PM.

Após render a mulher e seu filho, a dupla roubou um carro, uma moto e eletrodomésticos. Na fuga, os criminosos amarram ambos e os colocam no porta-malas, em seguida os criminosos visitaram várias bocas de fumo onde venderam os objetos roubados. 

Horas depois eles ficaram sem combustível e tentaram cometer um novo crime, esse agora na casa do policial porém foram frustrados pois não esperavam encontrar no imóvel um policial treinado e pronto para esse tipo de ação.


Comentários