Veículos interceptados em Itatinga seriam vendidos criminosamente na Colômbia

A equipe do (TOR) Tático Ostensivo Rodoviário evitou que dois veículos alugados irregularmente fossem repassados de maneira criminosa, na fronteira do Brasil com a Colômbia. A abordagem dos policiais ocorreu na madrugada desta quinta-feira, dia 03, na praça de pedágio de Itatinga, na Rodovia Castelo Branco.   Os policiais desconfiaram das informações desencontradas dadas pelos motoristas dos dois veículos, que segundo as autoridades perceberam algo errado quando perceberam que os veículos estavam trafegando como se fosse um comboio. O primeiro motorista dirigia um GM/Tracker, e disse que alugou o carro e que pretendia ir até a cidade de Corumbá-MS para passar o final de semana prolongado. Ele também adiantou que o condutor do outro veículo, um MBenz/C180, era amigo e iria com ele para a mesma cidade. Sobre o contrato de locação do automóvel o condutor apresentou uma foto do contrato, armazenada no aplicativo de conversas WhatsApp, porém o nome que constava no documento não batia com o

Pedreiro foi espiar uma adolescente no banho e acabou preso

Pedreiro foi espiar uma adolescente no banho e acabou preso


No final da tarde de quarta-feira, por volta das 16h40, a Polícia Militar prendeu um pedreiro de 51 anos, que foi flagrado espionando uma adolescente de 17 anos tomando banho, na região da Cohab 6 (conjunto habitacional Dr. Antônio Delmanto).


A viatura policial atendeu a ocorrência após ter sido acionada por familiares da jovem e ao chegar ao imóvel o pai da jovem estava em pé ao lado do suspeito que se encontrava sentado, esperando os policiais.


O pedreiro acabou confessando o crime e explicou aos policiais que havia ido buscar um balde de água para uma construção, quando visualizou a jovem nua tomando banho, então, achou que seria uma boa ideia entrar na casa pela porta da cozinha e ficar ali, observando ela finalizar o banho, espiando a adolescente nua.


O pedreiro foi contratado pela família da jovem há cerca de 10 dias, e era responsável por finalizar o muro da residência, entretanto se aproveitou do momento em que a menor estava sozinha na residência para espionar o interior do banheiro por uma fresta da porta entreaberta, do banheiro.


Percebendo que estava sendo espionada a adolescente, conseguiu se proteger e ainda deteve o pedreiro em pleno ato.


Os policiais deram voz de prisão em flagrante ao pedreiro, por crime contra a dignidade sexual e importunação sexual. Ele foi levado à cadeia de Itatinga, onde permanece à disposição da justiça.

Leia Também




Comentários