Polícia Civil de Marília prende homem que comercializava drogas em condomínio

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Marília, prenderam um rapaz, de 24 anos, por tráfico de entorpecentes, em um condomínio na zona rural da cidade, na manhã desta terça-feira (21).   Os agentes receberam a informação, de que um suspeito estava comercializando drogas nas dependências de um condomínio de prédios habitacionais, localizado na Rua Mário Bataiola.   Os agentes passaram a desenvolver as investigações e ficaram em vigilância velada, próximo ao local-alvo. Na sequência, avistaram o investigado em atitude suspeita e típica do tráfico de drogas e realizaram sua abordagem. Ele tentou fugir mais foi detido. Com ele, os agentes encontraram uma sacola que continha 93 porções de maconha, 52 pinos de cocaína, além de anotações de contabilidade do tráfico.   O homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Parque Tecnológico de Botucatu tem novo diretor executivo

Parque Tecnológico de Botucatu tem novo diretor executivo


O Parque Tecnológico de Botucatu terá durante os próximos 04 anos um novo diretor executivo. Daniel da Cruz Lopes, administrador e ex-secretário municipal, assume a direção do empreendimento, que tem o objetivo de promover a inovação por meio da interação entre as bases do conhecimento (universidades, centros e institutos de pesquisa e desenvolvimento) com empresas.

"Uma importante iniciativa com minha gestão neste Parque Tecnológico é continuar investindo em uma infraestrutura capaz de favorecer a convergência de conhecimentos, ideias e projetos para impulsionar o desenvolvimento econômico, social, tecnológico e ambiental de Botucatu. Para isso a busca de recursos para implantação do Centro Empresarial e a atração de novas empresas serão minhas prioridades”, afirma Daniel.



Graduado em Administração de Empresas pelas Faculdades Integradas de Botucatu, pós-graduado em Auditoria pela UNIP e atualmente cursando Engenharia Civil pela Uninter Educacional S.A., Daniel da Cruz Lopes atuou no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) - Diretoria Regional de Botucatu, e em janeiro de 2007 iniciou suas atividades junto a Prefeitura de Botucatu, ocupando cargo de assessor administrativo na extinta Secretaria de Indústria e Comércio, durante os anos de 2007 e 2008.

Desde abril de 2017, ocupava o cargo de Secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico, atuando também como membro nos Conselhos de Administração da Associação Parque Tecnológico Botucatu e Conselho Municipal do Trabalho. Além dos Conselhos citados, o profissional atuou junto ao Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Comissão Municipal de Emprego e Conselho Municipal de Turismo.

“O Parque Tecnológico Botucatu pode ter uma impacto muito positivo na sociedade e na economia local e de toda a região, como o desenvolvimento econômico regional, a abertura de novas empresas e vagas de trabalho, tanto para recém-graduados quanto para profissionais qualificados”, finaliza o novo diretor executivo.

Atualmente, o Parque Tecnológico conta com a presença de 35 empresas instaladas, sendo 18 incubadas e 17 de coworking.

Fazem parte da diretoria também Ricardo Rall, Diretor Administrativo Financeiro e Paulo Eduardo Martins Ribolla, Diretor Científico. A Associação Parque Tecnológico Botucatu conta ainda com Carlos Frederico Wilcken, como Presidente e Celso Fernandes Joaquim Júnior, Vice Presidente.

Comentários