Polícia Civil de Marília prende homem que comercializava drogas em condomínio

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Marília, prenderam um rapaz, de 24 anos, por tráfico de entorpecentes, em um condomínio na zona rural da cidade, na manhã desta terça-feira (21).   Os agentes receberam a informação, de que um suspeito estava comercializando drogas nas dependências de um condomínio de prédios habitacionais, localizado na Rua Mário Bataiola.   Os agentes passaram a desenvolver as investigações e ficaram em vigilância velada, próximo ao local-alvo. Na sequência, avistaram o investigado em atitude suspeita e típica do tráfico de drogas e realizaram sua abordagem. Ele tentou fugir mais foi detido. Com ele, os agentes encontraram uma sacola que continha 93 porções de maconha, 52 pinos de cocaína, além de anotações de contabilidade do tráfico.   O homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Sob o olhar azul #89/21


 
Que sono bom!

Acordei trepidante, descansada e faminta.


Céu azul, liiiiindoooooo!


No jornal da Clube, ahhhhhhh, fakenews bombando sobre a vacinação em massa; bolsonarista falando bobagem e chamando o jornalismo independente de " imprensa marrom" por relatar a opinião global: o eleito fez e faz muita bobagem.


Se pensarmos apenas na pandemia... é vergonhoso.

E a CPI está aí, escancarando a péssima gestão.


Pro ouvinte insatisfeito, sugiro ouvir a rádio de extrema direita que a cidade também tem.


Vivas pra democracia e pro livre arbítrio!

Bons dias.

Café da manhã, banho.


Infelizmente não há vacina disponível, então hoje não será meu dia de vacinar.

Paciência.

Vai chegar.


Felizfeliz.

Renato Fernandes está publicando essa coluna no site Seguerumo, ahhhhhhh... fiquei emocionada!



Freedom, George Michael.


Manicure.

Dia de reunião com as meninas, Tati e Tammy, e a querida Jô.

Prosa boa e receitas de Gim tônica, o drink que voltou a moda total.



Volare, Gipsy Kings.


Muito adiantada pra depilação, sentei na praça. É muito gostoso, fresco, as árvores são lindas.

Praças de Botucatu, lindas de ver e curtir.


Depilação ok.

Inô sempre gata, Felipe sempre lindo.

Pessoas de bem com a vida são as melhores, sempre.


É muito saudável cuidar de si mesmo.


Décadas atrás, na terapia, aprendi que a falta de cuidado pessoal é sintoma de depressão, também.


Não sou vaidosa, sou exibida.

O que é muito diferente.



Bastante animada com a visita da Laura, semana que vem.

Hoje tenho encontro com o Nilson.

Amigos sempre me fazem muito bem.


Vou passar no Fer antes de voltar pra casa.

A produção da Amando Massas em ritmo de dia das mães: frenético.

Sucesso, amigo!


Impossível, Biquíni Cavadão.


Dei pinta na rua Amando, escutando Biquíni Cavadão.

Lojas movimentadas, pessoas nas calçadas, calçadas, dia de pagamento, pré dia das mães, que bom!

Sempre fico surpresa por descobrir lojas que nunca vi.



No Fer.

Apartamento lindo, tudo em ordem.

Frezers lotados de delícias.

Dei sorte, o almoço estava saindo.

Claro que fiquei.

Fettuccine tricolori, delicioso.

Conheci a Bruna, ajudante do lar e do ofício.

Visita boa, adoreiamei.



Hoje é aniversário da querida amiga Celi, vivas!

Bunitaaaaa, tudotudotudo de divino e maravilhoso pra você, beijão e presente musical....



No more lonely nights, Paul McCartney.


Em casa.

Conheci uma mocinha muito bacana no ponto da São Benedito.

Amanda Pinson, prima dos meus amigos da família Peres, nova moradora dos Comerciários.

Bem vinda e muitas felicidades!


Estou bem cansadinha pelo calor e as andanças pra lá e pra cá.

Mais tarde o Nilson vai chegar e vamos no Piritas.

Estou com saudades dele, da galera do bar e do bar.

Já mais de dois meses que não vou.

Acredito que teremos um encontro bem gostoso, como sempre é.


Poemar com Olavo Bilac.


"Ora direis ouvir estrelas! Certo

Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,

Que, para ouvi-las, muita vez desperto

E abro as janelas, pálido de espanto...


E conversamos toda a noite, enquanto

A via-láctea, como um pálio aberto,

Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,

Inda as procuro pelo céu deserto.


Direis agora: "Tresloucado amigo!

Que conversas com elas? Que sentido

Tem o que dizem, quando estão contigo?"


E eu vos direi: "Amai para entendê-las!

Pois só quem ama pode ter ouvido

Capaz de ouvir e de entender estrelas."


Os versos estão na música Divina comédia humana, do Belchior.

O que me lembra Carlos Ramos, amigo amado e de quem estou morrendo de saudades.



Tudo bem tudo bom.


Para reflexão.

"Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito."

Clarice Lispector


Resistir em qualquer lugar.


Seguimos.

............................

Texto: Andrea Morato

Página da autora Sob o Olhar Azul

Comentários