Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

Motorista bêbado protagoniza perseguição alucinada em Botucatu

Motorista bêbado protagoniza perseguição alucinada em Botucatu


Na madrugada de sábado (22), um motorista bêbado protagonizou uma perseguição alucinada pelas ruas de Botucatu, enquanto fugia de uma viatura policial.

Tudo começou quando um Fiat Uno, ultrapassou em alta velocidade um sinal vermelho na Rua João Passos, Centro de Botucatu, passando bastante perto de uma viatura policial, quase provocando um acidente entre os veículos.

Logo em seguida a viatura pediu que o veículo em alta velocidade parasse, através de sinais sonoros e luminosos, sinais esses que foram ignorados pelo motorista que seguia em alta velocidade. Foi então que teve início a perseguição.

Acompanhado pela viatura, o motorista foi flagrado ultrapassando sinais de parada e vários semáforos vermelhos, em uma verdadeira roleta russa no trânsito da cidade.

A perseguição se estendeu pelas ruas João Passos, Curuzu, Avenida Petrarca Bacchi e Rua Tiradentes. 

A fuga alucinada não parou nem mesmo quando o veículo esbarrou em uma residência da rua Tiradentes. O motorista prosseguiu em sua corrida pela Avenida Marechal Floriano Peixoto, Avenida Santana, ruas da Cohab 1 e Cohab 3. 
O veículo parou apenas quando foi organizado um cerco policial na Rua Cassemiro Gomes Filho, obrigando que o condutor estacionasse.

No interior do carro os policiais encontraram latas vazias de cerveja e constataram que o condutor não possuía Carteira de Habilitação. Diante da suspeita do uso de bebida alcoólica o condutor foi interrogado e informou que havia bebido e que também havia usado drogas. Por esse motivo ele havia corrido de maneira suicida pelas ruas da cidade.

Foi realizado teste de bafômetro e o etilômetro apontou que ele havia ingerido 0.72mg/L de álcool.

Após a apreensão o condutor foi levado ao Pronto Socorro pois o mesmo tinha várias lesões pois havia batido o carro e em seguida foi levado ao Plantão Policial, onde foi arbitrada fiança de R$ 1 mil.

O condutor acabou sendo apreendido, pois não pagou a fiança e ficou à disposição da Justiça. O Fiat Uno foi recolhido.

Leia também



Comentários