Polícia Civil de Marília prende homem que comercializava drogas em condomínio

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Marília, prenderam um rapaz, de 24 anos, por tráfico de entorpecentes, em um condomínio na zona rural da cidade, na manhã desta terça-feira (21).   Os agentes receberam a informação, de que um suspeito estava comercializando drogas nas dependências de um condomínio de prédios habitacionais, localizado na Rua Mário Bataiola.   Os agentes passaram a desenvolver as investigações e ficaram em vigilância velada, próximo ao local-alvo. Na sequência, avistaram o investigado em atitude suspeita e típica do tráfico de drogas e realizaram sua abordagem. Ele tentou fugir mais foi detido. Com ele, os agentes encontraram uma sacola que continha 93 porções de maconha, 52 pinos de cocaína, além de anotações de contabilidade do tráfico.   O homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Gestantes e puérperas com comorbidades serão vacinadas a partir de hoje em Botucatu

 

A Prefeitura de Botucatu convoca gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidades, para se vacinarem contra a Covid-19, a partir de hoje, quarta-feira (19).  As interessadas deverão comparecer ao Espaço Saúde, ao lado do SAMU 192, das 8 às 17 horas, portando documento de identificação, CPF e um relatório médico que comprove a comorbidade.  Mulheres que fazem o acompanhamento junto a Rede Municipal de Saúde poderão acessar a esse relatório nos postos de saúde em que são atendidas.  A vacina a ser aplicada é a Coronavac.   A Secretaria Municipal de Saúde informa que gestantes e puérperas sem comorbidades serão vacinadas em momento oportuno a ser anunciado.
Foto - Jefferson Farias

A Prefeitura de Botucatu convoca gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidades, para se vacinarem contra a Covid-19, a partir de hoje, quarta-feira (19).

As interessadas deverão comparecer ao Espaço Saúde, ao lado do SAMU 192, das 8 às 17 horas, portando documento de identificação, CPF e um relatório médico que comprove a comorbidade.

Mulheres que fazem o acompanhamento junto a Rede Municipal de Saúde poderão acessar a esse relatório nos postos de saúde em que são atendidas.

A vacina a ser aplicada é a Coronavac.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que gestantes e puérperas sem comorbidades serão vacinadas em momento oportuno a ser anunciado.

Comentários