Mulher envia maconha e k4 para o irmão preso na Penitenciária de Avanhandava

Agentes da Penitenciária “Valdic Junio Alves Primo” de Avanhandava apreenderam, na manhã desta quarta-feira (26), drogas escondidas em fundo falso de um pote de margarina. A encomenda teria sido enviada à unidade pela irmã de um preso. Durante vistoria realizada na presença do destinatário, a equipe localizou duas porções de maconha, pesando cerca de 16 gramas no total, e 550 pedaços de papel contendo k4, a maconha sintética. CONFESSOU Questionado pelos servidores, o detento confirmou que havia encomendado os entorpecentes com a sua irmã, que é devidamente cadastrada no rol de visitas do estabelecimento penal. A direção da Penitenciária de Avanhandava registrou boletim de ocorrência e instaurou procedimento interno para apurar o caso.

Ex-delegado seccional de Botucatu morre de Covid-19 em Apucarana

Ex-delegado seccional de Botucatu morre de Covid-19 em Apucarana


O ex-delegado seccional de Botucatu e ex-diretor do Deinter-4, delegado aposentado Roberto de Mello Anibal, morreu de Covid-19, em um Hospital de Apucarana, no Paraná.

Anibal, exerceu funções de liderança na Polícia no início da década de 2000, e assumiu o Deinter-4 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior da região de Bauru), por volta de 2005.

O delegado de calsse especial tinha amplo reconhecimento regional e era bastante respeitado em todo o Estado, porém sua carreira foi maculada em  2014, quando foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão pela Justiça Federal por facilitação de contrabando de peças de máquinas de caça-níqueis.

O militar estava aposentado há mais de 10 anos, e tem um irmão que ainda reside na região de Botucatu, na cidade de Conchas.

Comentários