Veículos interceptados em Itatinga seriam vendidos criminosamente na Colômbia

A equipe do (TOR) Tático Ostensivo Rodoviário evitou que dois veículos alugados irregularmente fossem repassados de maneira criminosa, na fronteira do Brasil com a Colômbia. A abordagem dos policiais ocorreu na madrugada desta quinta-feira, dia 03, na praça de pedágio de Itatinga, na Rodovia Castelo Branco.   Os policiais desconfiaram das informações desencontradas dadas pelos motoristas dos dois veículos, que segundo as autoridades perceberam algo errado quando perceberam que os veículos estavam trafegando como se fosse um comboio. O primeiro motorista dirigia um GM/Tracker, e disse que alugou o carro e que pretendia ir até a cidade de Corumbá-MS para passar o final de semana prolongado. Ele também adiantou que o condutor do outro veículo, um MBenz/C180, era amigo e iria com ele para a mesma cidade. Sobre o contrato de locação do automóvel o condutor apresentou uma foto do contrato, armazenada no aplicativo de conversas WhatsApp, porém o nome que constava no documento não batia com o

Embriagaram motoristas roubaram caminhões, mas foram presos em Itatinga

Embriagaram motoristas roubaram caminhões, mas foram presos em Itatinga


A Polícia Rodoviária capturou na terça-feira (25), quatro criminosos que roubaram dois caminhões. Para realizar o crime, o quarteto e cúmplices embriagaram os dois motoristas, e deixá-los amarrados em uma estrada próxima de Marília.

O caso de roubo seguido por associação criminosa foi descoberto pela equipe do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) durante abordagem de rotina a um veículo com placas de Tambaú/SP, na Rodovia Castelo Branco, altura do km 158, mais 400 metros, na região de Itatinga.

A equipe suspeitou dos ocupantes do carro e decidiu realizar uma busca no veículo, foi quando encontrou um revólver da marca TAURUS, calibre 32, carregado com cinco balas não disparadas, e uma sacola no assoalho do banco dianteiro. Nessa sacola acharam um CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) referente a um semirreboque de Duartina, cartões bancários e documentos pessoais em nome do proprietário do semirreboque, ou seja, não pertencia a nenhum ocupante do carro abordado.
A equipe decidiu consultar a origem do documento e encontraram uma ocorrência policial referente a “veículo e pessoa desaparecida”. 

Foi então que o tom dos policiais mudou, e em entrevista os indivíduos relataram que estavam retornando de Marília. 

Com essa informação os policiais rodoviários contataram policiais da região de Marília e não foi surpresa quando descobriram que o veículo registrado no CRLV encontrado na sacola foi recuperado em Arapongas/PR no dia anterior. Ocorrência essa, que resultou na prisão de um homem por roubo qualificado, sequestro, cárcere privado, receptação e associação criminosa.

Ficou claro para os policiais do TOR, que os quatros elementos do veículo estavam de alguma forma relacionados com o crime ocorrido no dia anterior e então eles foram indagados novamente e acabaram confessando a participação no crime.

Explicaram que participaram de dois roubos a caminhões em Marília e para levar os veículos foi necessário manter as duas vítimas, ou seja: os motoristas, em cárcere privado em uma propriedade rural da região de Marília.
Nessa propriedade rural eles obrigaram os dois caminhoneiros a ficarem bêbados, fizeram com que consumissem bebidas alcoólicas durante toda a noite. Enquanto os dois se embriagavam, os criminosos apontavam a arma de fogo, que estava no carro, para eles e os ameaçavam de morte.

Durante a madrugada, os quatro pegaram a dupla de motoristas, já extremamente embriagados, amarraram um ao outro e os deixaram próximos de uma estrada de Marília. 

A abordagem da equipe do TOR ocorreu quando a quadrilha estava retornando para a casa, em São Paulo.

Os quatro elementos receberam voz de prisão em flagrante delito pelos crimes de Roubo qualificado (uso de arma de fogo), restringir a liberdade da vítima, encaminhar os veículos para outros Estados ou país e Associação Criminosa.

A ocorrência que começou na estrada deu entrada na Delegacia da Polícia Civil de Itatinga onde a voz de prisão foi ratificada pelo Delegado de Plantão. A arma, munições, o carro, além dos pertences das vítimas, dinheiro, aparelhos celulares, foram apreendidos e os quatro bandidos foram presos.

No entanto, a ocorrência não acaba aí, durante o andamento dos trabalhos burocráticos para a prisão dos envolvidos, a Equipe do TOR foi informada de que as duas vítimas do roubo de caminhão estavam passando por cuidados médicos, na cidade de Marília. Também foi esclarecido que as ocorrências dos roubos estavam sob cuidados da delegacia daquela cidade.

Comentários